Rede municipal de ensino de Santaluz está paralizada

Nesta Quarta-feira (17), a APLB - Sindicato/Delegacia Sisal Norte representante legal dos professores e demais trabalhadores em educação da rede pública municipal de Santa Luz, no Estado da Bahia estão pelo segundo dia paralisados e promovendo manifestaões para sensibilizar a comunidade civil e o poder executivo e legislativo, em virtude de reivindicação por melhoria na educação. Entre as principais reivindicações estão: Implantação do Plano de Carreira Unificado, Implantação do Piso Salarial Nacional, Revisão dos Cargos Contratados, entre outros..

De acordo com a categoria o processo de reformulação está em negociação desde 2007, também solicitam a substituição dos cargos nomeados para direção e coordenação por professores efetivos da rede, o que gera economia de R$650.000 anual e permite o reajuste salarial.

Os trabalhadores ocuparam alguns gabinetes da Câmara de Vereadores, e mais tarde foram recebidos pelo secretário de Administração que ouviu os quastionamentos erecebeu os documentos para serem repassados ao prefeito.

Uma nova assembléia esta marcada para as 16 horas na sede da Câmara, segundio informou Ailton Aquino diretor geral da APLB Santaluz /Delegacia Sisal Norte. (do CalilaNoticias)

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO