Violência: De quem é a culpa?

A violência é hoje um dos principais problemas de Itabuna, isto por que todos os dias pessoas matam sem porque.

São os filhos da impunidade que fortalece está pratica abominável. É uma guerra civil, desavenças entre pais e filhos, onde não mais existe o respeito e a compreensão entre seus pares; a super proteção de pais que julgam-si, donos da verdade, verdade está que chega a ser no mínimo retrograda e fora da realidade. Por outro lado filhos que si veem como verdadeiros deuses e outros são escravos da droga.

Também vemos um sistema de policiamento que não funciona bem como deveria, Investir na capacitação e nas condições de trabalho dos policiais, investir na inteligência para que a investigação se antecipe ao crime, garantir segurança para que os policiais trabalhem no combate à criminalidade. O soldado não tem a segurança dele próprio, da família. Essas podem ser medidas plausíveis a serem tomadas.

Sabendo também que a justiça é cega ou “acomodada”, é mais uma geradora de índice da violência.
Deixando as pessoas de bem presas em casa, por causa de um sistema que é visivelmente falido, com os presídios abarrotados, servindo apenas como escola de marginas e castelos de chefões do tráfico, entre outros.
Os políticos, não todos, mas infelizmente na sua maioria é um dos responsáveis da proliferação da violência, quando deixam de votar leis de interesse da população por causa de acordos e vantagens. Quando encobrem falcatruas de colegas por cooperativismo ou falta de vergonha na cara.

Itabuna grita por socorro, fugindo da ordem natural da vida, aqui não são os filhos que enterram os pais, e sim os pais enterrando os filhos. (Radarnoticias.com)

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll