Ocupação do Calabar terá início na próxima semana

Moradores do Calabar acompanharão, a partir da próxima semana, o início das mudanças no policiamento ali realizado. A ocupação permanente do bairro terá início com a identificação e prisão de criminosos e a aplicação do policiamento comunitário, que atuará 24 horas por dia junto à comunidade. A ação continuará até a implantação da primeira Base Comunitária de Segurança, prevista para o final de abril, nas instalações do Centro Comunitário do bairro.

A construção da primeira base, modelo de policiamento inspirado nas Unidades de Polícia Pacificadora e sucesso nas favelas do Rio de Janeiro, será no Calabar “por ser este local cercado de bairros nobres, onde é grande o consumo de entorpecentes”, ressaltou hoje (23) o secretário da Segurança Pública Maurício Teles Barbosa, acrescentando ainda que “o projeto é quebrar a espinha dorsal econômica do tráfico”.

Para a ocupação permanente do local, 150 policiais militares tiveram treinamento avançado, financiado pelo Ministério da Justiça, através do método Koban, utilizado pelos japoneses e que tem, dentre outras características, a parceria da polícia com a população. “A intenção é que a ocupação ocorra de maneira pacífica, sem confrontos. Além da segurança vai ser garantida a prestação de outros serviços à sociedade”, esclareceu Barbosa.

Ainda de acordo com o secretário é necessário investir na prevenção do crime e na melhoria das condições da comunidade. “A ocupação social permanente do Calabar não se limitará a instalação da base comunitária, estendendo-se também a realização de ações sociais, algumas já previstas, como a reforma da quadra de esportes e a ampliação no atendimento do posto de saúde do bairro”, observou.

A ocupação e a posterior construção da Base Comunitária de Segurança do Calabar integram o Programa Pacto pela Vida, que prioriza as áreas críticas, com aplicação de ações mais efetivas de combate à criminalidade. O Plano também prevê, não só a atuação conjunta de órgãos de diversas esferas de poder, como também a presença da população na solução dos principais problemas da comunidade.
SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DA BAHIA

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll