Passageiro reage e mata assaltante dentro de ônibus na avenida Barros Reis

Um passageiro reagiu a um assalto na noite desta quarta-feira 28 de setembro de 2011 e matou um assaltante dentro de um ônibus na avenida Barros Reis, próximo à Madereira Cristo Reis. Segundo informações de Bruno Mocitaita, comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Pernambués), três homens entraram no coletivo da empresa União e anunciaram o assalto.

Um passageiro reagiu e disparou contra os assaltantes, iniciando uma troca de tiros. Um deles foi atingido e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local. Os outros dois envolvidos conseguiram fugir. Os bandidos não levaram nada. O autor dos disparos também fugiu. "Deram voz de assalto e um passageiro reagiu logo, atirando nos assaltantes", diz Mocitaita.

Um segundo passageiro foi baleado durante a troca de tiros. Antônio Evangelista Santos da Conceição, 50 anos, foi atingido no braço e na perna. Ele foi socorrido por uma viatura da 2ª Delegacia Territorial (Liberdade) que passava pelo local e levado para o Hospital Ernesto Simões Filho. Ele não corre risco de morrer.

Segundo a polícia, o ônibus foi desviado pelos bandidos - o coletivo fazia linha Santo Inácio-Pituba. Logo depois, eles anunciaram o assalto aos passageiros.

O caso será investigado pelo Grupo Especial de Repressão a Roubos de Coletivos (GERRC), para onde será levado o ônibus.

Boca do Rio
Um caso parecido aconteceu esta noite na Boca do Rio. Depois de assaltarem um homem na rua São Francisco, dois bandidos foram baleados por uma pessoa ainda não identificada - há suspeitas de que tenha sido um policial. Um terceiro assaltante socorreu os comparsas para o Hospital Roberto Santos e depois tentou fugir, mas foi preso por um agente do posto médico da unidade e um policial militar que estava no local. "Ele disse que não viu quem atirou, já estavam fugindo, só ouviu os tiros", diz o agente responsável pela prisão, que prefere não se identificar.

Os pertences da vítima, um homem de prenome Leandro, foram recuperados com os ladrões. Dois deles, Washington Luis da Silveira e Vitor Murilo Silva, foram baleados várias vezes e passam por cirurgia. O terceiro, Evandro José Glória Bastos, deve ser encaminhado ainda esta noite para uma delegacia da cidade. A vítima prestou queixa na 9ª Delegacia (Boca do Rio).

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll