Gaúcha que falou mal do Nordeste no Twitter tem perfil hackeado

O perfil da gaúcha Sophia Fernandes, que provocou revolta entre os usuários do Twitter ao ofender nordestinos durante esta semana, foi hackeado na madrugada deste sábado por três grupos que dizem estar em "defesa do povo e contra qualquer tipo de preconceito".

A mensagem "Perfil hackeado por conter apologia a XENOFOBIA" foi publicada no perfil de Sophia (@sophiaofdreams) por @GrayHatBRGroup, @iPiratesGroup e @AntiSecBrTeam, que se declaram responsáveis pelo ataque. Os dois últimos grupos retiraram diversos sites de governos estaduais, câmaras municipais e prefeituras no início do mês de novembro deste ano.

Uma das "vítimas" foi o site da Secretária de Cultura do Distrito Federal. No ataque, os hackers publicaram uma mensagem reivindicando uma CPI para apurar "as inúmeras falcatruas que abalroam nosso cenário político e social".

Início das ofensas
As ofensas começaram quando Sophia comentou uma hashtag criada pelos piauienses para falar sobre termos que são usados como insultos no Piauí. "#insultopiauiense insulto é essas merdas existirem, falo mesmo...", escreveu Sophia. A maioria dos xingamentos é voltado justamente para o Piaú e Teresina, mas outros estados não escaparam. "Só os cabeça de bosta. #insultoCearense", "bahia=macumbeiros", escreveu.

Diante da reação dos outros usuários, Sophia disse que estava usando a liberdade de expressão para se manifestar. "Legal, agora eu sou neo nazista, pratico xenofobia.. só porque não entendo, conheço e desprezo o nordeste". Ela ainda citou a eleição de Dilma Rousseff de maneira indireta, atribuindo a vitória da petista, que classifica de corrupta, aos nordestinos. "Querem falar de Justiça.. Justiça deve ser feita contra vocês.. que colocam em toda eleição um governo corrupto.. que só ilude vocês.. (PT)". O petista Tarso Genro é governador do Rio Grande do Sul.

Para a jovem de 18 anos, suas colocações não são caso de Justiça. "O Governo Brasileiro, Ministério da Justiça, povo brasileiro no geral é estranho... trata o nordeste como fragil e intocavel".

Denúncias
O perfil @sophiaofdreams foi alvo de 8.148 denúncias entre a madrugada e o início da tarde desta sexta-feira por preconceito contra nordestinos. Em entrevista ao site Terra Magazine, a ONG Safernet disse que está investigando para saber se a conta foi hackeada ou a internauta é mesmo a responsável pelos tweets ofensivos.

OAB denuncia internauta
A Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE) vai entrar com notícia crime contra Sophia Fernandes, 18 anos, para que responda judicialmente por crime de racismo. A entidade vai encaminhar a denúncia ao Ministério Público Federal (MPF) do Rio Grande do Sul, onde reside a internauta.

Casos similares
Esta não é a primeira vez que ofensas a nordestinos no Twitter causam revolta e chegam aos temas mais comentados na internet. O caso de Mayara Petruso, no ano passado, é o mais famoso. A estudante de Direito usou sua conta no Twitter para ofender nordestinos depois da eleição da presidente Dilma Rousseff. "Nordestito não é gente, façam um favor a SP, mate um nordestino afogado", dizia a mensagem.

Este ano, dois casos parecidos tiveram repercussão. Na época da anulação das provas do Enem feitas pelos alunos de um colégio de Fortaleza o Twitter recebeu uma nova onda de comentários criticando a região. "Nordestinos de merda, que povinho inútil, putz", postou o usuário Rodrigo Rech. A usuária Niscole (@nickislla) foi além. "Se esses nordestinos fds aprontarem o que aprontaram esse ano no Enem ano que vem, eu jogo uma bomba nuclear lá".

Em maio deste ano, outro caso aconteceu depois de um jogo de Flamengo - torcedores irritados com a eliminação do clube da Copa do Brasil pelo time do Ceará começaram a atacar nordestinos.

A revolta contra as declarações preconceituosas teve início depois que uma torcedora rubro-negra, identificada na rede como Amanda Régis, disse: "Esses nordestinos pardos, bugres, índios acham que tem moral, cambada de feios. Não é atoa que não gosto desse tipo de raça".

Do CORREIO
www.correio24horas.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll