Dona de casa morre eletrocutada ao lavar roupas em tanquinho

O que seria apenas mais uma atividade doméstica no cotidiano de uma casa, foi a maior tragédia para a família de uma dona de casa, que morreu eletrocutada enquanto lavava roupas num tanquinho, em sua casa no Povoado de Vila Carneiro (Goiabeira)- Conceição do Coité.

O incidente tirou a vida da dona de casa Lidiane da Silva Gordiano, 29 anos, conhecida carinhosamente por Lidi, o fato ocorreu por volta das 10h desta segunda-feira, 22. No momento do acidente ela, possivelmente fez contato com algum fio descascado que levava energia ao tanquinho, como estava  molhada acabou não resistindo a carga da energia vindo a falecer. A família também acredita que o choque pode ter sido gerado por um contato do varal com a fiação elétrica do local.

De acordo com familiares, no momento Lidiane estava em casa com seus dois filhos e um sobrinho e sua filha de sete anos foi quem lhe encontrou caída na área de serviço. A garotinha viu a cena e chamou seu avô que reside próximo do local, informando que sua mãe havia caído. Seu João Afuia, sogro de Lidiante,
correu a fim de socorrê-la e constatou que se tratava de choque, providenciando sua ida à Coité. A vítima foi levada ao Hospital Regional e de acordo com o médico plantonista Enéas Cedraz foi feito o processo de reanimação, mas Lidiane não reagiu e foi constatada a sua morte.

A dona de casa era natural do povoado de Itareru, município de Araci, mas residia com a família no Povoado de Goiabeira, onde ela também ajudava o marido numa loja de materiais de construção. informe coite

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO