Jovem morre dentro de viatura após ser espancado

Morreu na madrugada desta quinta-feira 19 de maio de 2011, Janderson Pereira dos Santos, 20, dentro da viatura da PM, placa JXR-0055, da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), bairro de Petrópolis, Zona Sul de Manaus.

De acordo com o exame feito pelo Instituto Médico Legal (IML), a morte da vitima foi causada por ruptura das vísceras que resultou numa hemorragia interna e traumatismo craniano. A mãe do rapaz, Janete Maria Pereira dos Santos, acusa os policiais militares de espancarem seu filho até a morte.

Um dos irmãos da vitima Anderson Pereira dos Santos, 18 anos, foi espancado e levado preso por policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), mas foi liberado na tarde desta terça-feira (17). O rapaz fez exame de corpo de delito e logo após seguiu para a Corregedoria Geral junto com seus familiares e um advogado para denunciar o caso às autoridades.

A mãe de Janderson Pereira dos Santos, conta que o fato aconteceu às 00h da última terça-feira, na rua Platão Araujo, no bairro Petrópolis, Zona Sul. Ela disse que seus filhos estavam na companhia de outros rapazes da área usando droga, usando loló (um tipo de preparo clandestino e caseiro, geralmente uma mistura de álcool etílico ou benzina, clorofórmio éter), em frente a sua casa.

A viatura policial chegou no momento em que usavam a droga, quando viram os policiais os rapazes que estavam junto de seus filhos correram, mas Janderson e seu irmão permaneceram em frente da casa. Janete conta que estava na cozinha e ouviu o barulho de briga e foi olhar o que estava acontecendo e viu que seus filhos estavam sendo espancados pelos policiais. “Eles chutaram e arrastaram o meu filho por mais de uma hora”, contou a mãe.

A mãe pedia para os policiais pararem, mas nada aconteceu. Janderson foi jogado dentro da viatura, onde permaneceu por mais meia hora. O outro foi levado por uma viatura da Rocam para a Delegacia Especializada em Atos Infracionais (DEAI).

De acordo com Janete após Janderson ser espaçado dentro da viatura, os policiais perceberam que o rapaz estava apenas respirando e chamaram em seguida a ambulância do Samu e o jovem foi examinado pelos médicos que diagnosticaram que o menino estava morto.

A ambulância conduziu o corpo para o Instituto Médico Legal (IML).
Tribuna da Bahia

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO