COMUNIDADES SE ORGANIZAM PARA PROTESTAR EM BRUMADO

Na manhã desta quarta-feira 03 de agosto de 2011, os presidentes das Associações Comunitárias Rurais estiveram reunidos, na sede do Sindicato Rural, em Brumado, com representantes do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), debatendo medidas no combate a falta de água nas comunidades, onde a prefeitura prorrogou o estado de emergência, devido a falta d’água.

Na reunião, decidiu-se por uma grande manifestação, com caminhada pelas ruas da cidade, a ser realizada no dia 17 do corrente mês.

Laura Aparecida Chagas Ferez, presidente da associação da Fazenda Lagoa do Falcão, declarou, ao Brumado Notícias: “Temos água sim, mas água suja, pois a água que veio da chuva e encheu a lagoa é dividida entre nós e os animais.

Ao mesmo tempo que tem alguém pegando água com balde, até para beber, e sem tratar, tem um animal dentro da lagoa bebendo da mesma água.

Comunidades rurais estão sofrendo com a seca;
Manifesto será dia 17 de agosto.
(Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).
Somos obrigados a utilizar água contaminada, cheia de bactérias”. O presidente do CMDRS, Cláudio Ribas, em um levantamento realizado com a defesa civil do município e o exercito, ressaltou que cerca de 20 mil famílias, em 258 comunidades, estão passando carentes com a falta de água, 10 mil estão em estado crítico e declarou o posicionamento do conselho: “Estamos em estado permanente da mobilização e no dia 17 de agosto será o dia “D”, onde realizaremos uma caminhada, saindo da igreja matriz, passando pela prefeitura, parando na Embasa e de lá só sairemos com uma resposta satisfatória e com medidas reais de combate a seca.

Temos hoje uma grande barragem no município, que dá para sustentar a comunidades rurais, falta interesse da Embasa”.
BRUMADO NOTÍCIAS

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll