A Diocese de Irecê é contra a abertura do comércio aos domingos e feriados

Carta de apoio da Diocese de Irecê ao Sindicato dos Empregados no Comércio de Irecê e Região - SECIR, contra a abertura do Comércio aos Domingos e feriados.

Todo ato constitucional encontra sua fundamentação e razão de sua moralidade na vida enquanto dom de Deus e de valor inalienável.

Entendemos que garantir o espaço e oportunidade de trabalho é um valor que reza a carta constituinte do povo brasileiro, todavia, garantir o lazer e o descanso remunerado para o trabalhador é um valor com igual teor ao valor do trabalho. Não se afirma um valor negando-se a condição de outro.

Sindicato dos Empregados no Comércio de Irecê e Região
SECIR
Entendemos que voltar a reabrir o comércio aos domingos e feriados é um retrocesso e perda da garantia da qualidade de vida daqueles que se submetem a extensão dessa jornada de trabalho e consequentemente as famílias nas quais se encontram inseridas e a sociedade como um todo, no conjunto das relações que são desenvolvidas a partir deste processo.

Por julgar nociva a saúde física e psíquica do trabalhador(a), além de ser uma infração do direito constitucional, a Igreja Católica da Diocese de Irecê manifesta seu conseqüente apoio ao Sindicato dos Empregados do Comercio de Irecê e Região – SECIR, e à defesa da Lei Municipal nº. 14/2008, que veda a abertura do comércio aos domingos e feriados no Município de Irecê.

Dom Tommaso Cascianelli, C.P.
Bispo Diocesano

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO