Filha do empresário Itamarajuense Zé do Alumínio morre de acidente na BR-101, no município de Itabela

A vítima fatal do acidente automobilístico foi Silvia Oliveira de Santana, 35 anos de idade, filha do empresário itamarajuense José Santos de Santana, conhecido popularmente por Zé do Alumínio, devido a sua longa atuação da fabricação e venda de utensílios de alumínio.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, Silvia Oliveira viajava numa caminhonete Fiat Strada, cabine simples, de placa JRG-1261, licenciada de Itamaraju, quando teria perdido o controle da direção, rodou na pista e tombou várias vezes no KM 775 da rodovia BR-101, distante cerca de 10 quilômetros do Distrito de Monte Pascoal, no município de Itabela. O acidente aconteceu por volta das 03h30 da madrugada desta sexta-feira (23/04).

Logo após o acidente automobilístico, que impressionou pela destruição do veículo Fiat Strada, motoristas que também trafegavam pela rodovia BR-101 avisaram os agentes do Posto da Polícia Rodoviária Federal de Itamaraju. O veículo ficou com os pneus para cima e o corpo de Silvia Oliveira foi arremessado contra o teto do carro. Não foi possível precisar se ela viaja com o cinto de segurança.

A remoção do corpo foi feita por volta das 06h desta sexta-feira (23) pelo auxiliar de necropsia Anderson Barbosa, do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML). O corpo ficou no Departamento de Polícia Técnica de Itamaraju (DPT), onde foram realizados os exames de medicina legal.

Juntamente com Silvia Oliveira viajava um rapaz de prenome Euler. Ele é irmão do borracheiro conhecido em Itamaraju por Popó. Este rapaz foi internado no Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), onde foi medicado e na sequência liberado.

Silvia Oliveira de Santana, 35 anos de idade, era solteira. Desde quando adolescente a mesma ficou conhecida pela rebeldia. Anos atrás ela se envolveu numa confusão em Itabela, quando fora atacada por três homens desconhecidos que a levaram para uma área deserta nos arredores da cidade e aplicaram-lhe vários golpes de facão. Em seguida Silvia foi jogada numa ribanceira como morta, mas mesmo assim conseguiu caminhar e pedir socorro. Ela ficou vários dias internada e conseguiu sobreviver.

Silvia Santana também era conhecida por sua perícia ao volante, talvez por isso tenha morrido de acidente num local que nem é considerado tão perigoso.

Pelas características do acidente automobilístico a hipótese mais provável é que ela estaria vindo de alta velocidade, quando teria perdido o controle da direção do veículo.

Pelo odor natural do corpo, o auxiliar de necropsia Anderson Barbosa, disse que não foi possível precisar qualquer sinal de consumo de bebida alcoólica. Esta hipótese só poderá ser definida após a realização de exames toxicológicos.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Ronildo Brito

1 Opiniões:

  1. JOSÉ ( Zé do Aluminio ), estamo consternados pela perda da sua filha SILVIA, que a conhecemos ainda menina. Silvia, sempre gostou de curtir a vida e infelismente a perdeu muito jovem ainda.Infelismente a vida as vezes nos tras muitos desafios. Apesar da distância sabemos que voce é uma pessoa que tem superado muitos e infelismente agora tem mais este.Mais tenha certeza que estaremos em nossas orações pedindo a Deus para lhe dar mais forças. Deixamos nessa mensagem os nossos sentimentos.
    Seus amigos
    Otacilio ( Aluminios Alvorada ) Divinópolis - MG
    Maria Ormi ( esposa )

    ResponderExcluir

A MATÉRIA EM AUDIO