PROFESSOR DE JUDÔ, NA BAHIA, É PRESO POR PEDOFILIA

Um professor de judô, de 51 anos, foi preso, na madrugada desta terça-feira (6), sob suspeita de pedofilia em Itabuna (BA). Segundo informações da Polícia Civil, ele estava com duas garotas de 13 e 11 anos em seu apartamento no momento da prisão.

De acordo com a polícia, o professor dava aulas em uma academia para crianças e adolescentes desde 1996.

Ainda segundo a polícia, a prisão do professor só foi possível quando a tia de uma das vítimas denunciou o caso na noite desta segunda-feira (5).

O delegado responsável pela investigação do caso, Marlos Macedo, disse ao G1 que uma terceira garota, de 10 anos, prestou depoimento e teria feito outras denúncias contra o professor.

"Apreendemos um computador e um farto material pornográfico no apartamento dele. Tudo será encaminhado para exame de peritos do Instituto de Criminalística", disse Macedo.

O delegado informou ainda que o professor de judô será indiciado por estupro de vulnerável e, caso seja condenado, pode cumprir pena que varia de 8 a 15 anos de reclusão. "Após a prisão dele, recebemos muitas queixas contra o professor. Todas serão analisadas."

Macedo afirmou que o suspeito chegava a pagar pequenas quantias de dinheiro para as meninas. "Apenas uma das três vítimas confirmou que houve conjunção carnal. As outras relataram apenas que tomavam banho com o professor e praticavam atos libidinosos. Elas passarão por exames de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal."

O professor de judô foi transferido para o Conjunto Penal de Itabuna, onde vai aguardar a conclusão do inquérito policial.

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll