Leitura de Olhos Fechados encerra atividades

Projeto, pioneiro na Bahia, promoveu discussões e práticas em prol da acessibilidade aos deficientes visuais

Agradecimentos, carinho e emoção. Esses foram os sentimentos que se destacaram na solenidade, realizada na tarde dessa quinta-feira, 28, de encerramento das atividades do projeto Leitura de Olhos Fechados, promovido pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, em parceria com a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, e patrocínio do Governo Federal, Banco do Nordeste e BNDES, por meio do Programa BNB de Cultura.

O projeto tem o objetivo de permitir que deficientes visuais tenham acesso à cultura e informação, por meio da audiodescrição, recurso que permite transformar aquilo que é visto no que é ouvido. Durante a solenidade de encerramento, o secretário municipal de Cultura, Gildelson Felício, aproveitou o momento para parabenizar à idealizadora e coordenadora do projeto, Mônica Lacerda, pela iniciativa e dedicação aos trabalhos desenvolvidos.

“Somos gratos aos parceiros, Banco do Nordeste e Uesb, e, ainda, à Associação Conquistense de Integração do Deficiente (ACIDE) por ter abraçado e participado ativamente de todas as atividades”, disse Felício. Na ocasião, o secretário fez o compromisso de dar continuidade às sessões de cinema para deficientes visuais.

O presidente da ACIDE, José Arcanjo, lembrou que a audiodescrição é algo muito novo e não esperava que tão cedo este recurso chegasse a Conquista. “Fomos agraciados com momentos de lazer, informação e cultura”, afirmou Arcanjo. O presidente também prestou homenagens à idealizadora, Mônica Lacerda, e, no ensejo, agradeceu todo o apoio que o prefeito Guilherme Menezes e toda sua equipe de governo têm dado à Instituição.

O encerramento das atividades foi marcado também pela entrega de noventa e um títulos de audiobooks, adquiridos pela Prefeitura, por meio do projeto, que ficarão sob a guarda e responsabilidade da ACIDE. São livros diversos como “Comer, Rezar e Amar”, “O Caçador de Pipas”, “1822”, “Querido Jonh”, “Auto da Compadecida” e clássicos da literatura infantil, a exemplo de “Cinderela” e “Alice no país das maravilhas”.
NÚCLEO DE NOTÍCIAS

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll