Cinquenta Tons de Cinza vende 100 mil exemplares

O novo fenômeno literário "Cinquenta Tons de Cinza" já atingiu a marca de 100 mil exemplares vendidos no Brasil. A obra de E. L. James, um romance erótico, começou a ser vendido há 16 dias no País. A editora Intríseca informou que a primeira edição teve a tiragem de 200 mil exemplares - muito mais que o 3 mil exemplares médios de uma tiragem no Brasil.

Ao todo, a trilogia, composta ainda por "Cinquenta Tons Mais Escuros" e "Cinquenta Tons de Liberdade", já vendeu perto de 40 milhões em todo o mundo. Na Amazon britânica, o primeiro livro vendeu mais do que Harry Potter.

A trilogia mostra a relação de submissão envolvendo o empresário Christian Grey e a jovem estudante, e virgem, Anastasia Steele. Para quem já leu e está curiosa para saber como a história termina, a continuação, "Cinquenta Tons Mais Escuros", está previsto para ser lançado em setembro e "Cinquenta Tons de Liberdade", em novembro.

Autora utiliza descrições sexuais na obra
Breve nos cinemas Os direitos para adaptar o livro ao cinema já foram comprados por R$ 5 milhões pelos produtores Michael De Luca e Dana Brunetti, que trabalharam em "A Rede Social". Diversas atores disputam os papéis centrais. Emma Watson, a bruxinha de Harry Potter, estava cotada para o pael de Anastasia, mas ela mesmo desmentiu os boatos. Portal A TARDE

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll