Acusado de matar jovem a pedradas é preso pela polícia, em América Dourada

Três dias depois de assassinar a pedradas o jovem Diego da Silva Pinheiro de 23 anos, em Soares de América Dourada, na sexta (6) – foi preso pela polícia na manhã desta segunda-feira (9), Edigênio da Cruz Brito (Paulista), principal acusado do homicídio.

Segundo a polícia, na Delegacia Brito confessou o crime. Ele disse que depois de ser agredido e jurado de morte por Diego e outros dois rapazes, resolveu agir primeiro. Ainda de acordo com a polícia, o acusado teria dito que matou Diego e também mataria os outros jovens que o agrediram.

De acordo com familiares, Diego saiu de casa na noite de quinta (5), por volta das 20h30 e não retornou. Na manhã do dia seguinte foi encontrado morto, com a cabeça completamente deteriorada.

A ação que resultou na prisão do homicida contou com a participação de agentes do Serviço de Investigação (SI) da Polícia Civil e, policiais do 7º Batalhão da Polícia Militar de Irecê.

Por Orlando Danton / Rede Caraíbas

Leia também:
Jovem é morto a pedradas em Soares de América Dourada
CANARANA: Jovem motociclista morre ao colidir em reboque na BA 432
Homem mata esposa por ficar muito tempo em Facebook e Whatsapp
Acidente entre moto e carro deixa um morto na estrada Irecê a Itapicuru

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO