Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura Municipal de Ipiaú acaba em tumulto

(Primeira Foto: Provas do CEI sendo levadas por candidatos até o veículo da Empresa MULTYIDEIAS)

O Processo Seletivo Simplificado Nº01/2010 da Prefeitura Municipal de Ipiaú para a seleção de servidores, realizado domingo 28 de Fevereiro de 2010 em Ipiaú, terminou em tumulto e com a ação da polícia. Segundo vários candidatos, os nomes dos candidatos não estavam na listagem, muito menos nas salas onde deveriam ser realizadas as provas. As provas foram entregues atrasadas. No Colégio Estadual Luis Eduardo, os portões não foram abertos pontualmente às 8:00 Hrs. Exames que deveriam ter sido entregues lacrados estavam violados. As provas não contiam os nomes dos candidatos, ou seja, os próprios candidatos deveriam colocar seus nomes nas provas. Na sala dos Candidatos a cargo: AUXILIAR DE CLASSE, faltaram provas.

A confusão começou cedo em dois locais de provas em Ipiaú: Colégio Estadual Luis Eduardo e Colégio Estadual de Ipiaú.
No Colégio Modelo, informações dão conta que quando um dos candidatos a cargo: AUXILIAR DE CLASSE percebeu que estava fazendo a prova do cargo errado, alertou os demais candidatos sobre o equívoco. Os demais saíram pelos corredores do Colégio e tentaram invadir as outras salas onde estavam sendo realizadas as provas para alertarem os outros candidatos, sobre o equívoco.Com isso, os candidatos a cargo: ENFERMEIRO descobriram que na verdade estavam fazendo a prova do cargo: FARMACÊUTICO/OPERADOR DE COMPUTADOR. Um grupo de cerca de 80 candidatos estava furioso e ameaçou invadir as outras salas que estava ocorrendo a aplicação das provas. A partir daí criou-se vários tumultos no colégio. O PETO- Pelotão de Emprego Tático Operacional foi acionada para apaziguar a situação.Após a chegada do policiamento, todos os candidatos evacuaram o colégio.

Já no Colégio Estadual de Ipiaú, os tulmutos começaram quando os candidatos verificaram a não existência de vários nomes na lista de presença e falta de provas. Nas Escolas Municipal José Mendes e Estadual Celestino Bitencourt, o processo seletivo prosseguiu normalmente.
Segundo os candidatos, a Empresa: MULTYIDEIAS – CONSULTORIA E ASSESSORIA DE EDUCAÇÃO, responsável pela aplicação das provas não tinha nem se quer colaboradores, designados para dar explicações aos candidatos. As reclamações também caíram pra cima da Câmara Municipal de Ipiaú, por conta da falta de vereadores para fiscalizar o concurso. Alguns candidatos levaram as provas, desobedecendo a Clássula 5.10 que diz: – Ao terminar a prova, o candidato entregará, obrigatoriamente, ao Fiscal de Sala o seu Cartão- Respostas e o seu Caderno de Prova, porque a coordenação permitiu? Os candidatos que não fizeram suas provas, os valores serão ressarcidos? Ou vão fazer as provas em nova oportunidade? Se forem ressarcidos quando será? Os candidatos que realizaram suas provas nos demais colégios, o processo terá validade?
Coordenadores não deram esclarecimentos aos candidatos no CEI
Nossa equipe de redação se fez presente nos locais onde as provas estavam sendo aplicados e constatou as insatisfações e revoltas dos candidatos, ora escritos.
Cumprindo nossos ideáis democráticos, informamos que nosso espaço está aberto a Prefeitura Municipal de Ipiaú, para eventuais esclarecimentos para comunidade em geral.

Por Afonso Mendes e Jô da AABB - noticiasdeipiau.com

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO