PT DE IRECÊ EMPOSSA NOVA DIRETORIA

Filiados do PT se reuniram ontem à noite, em Irecê, no auditório do Golden Palace, para a solenidade de posse do novo Diretório Municipal. Além dos filiados, dirigentes de partidos aliados na base também participaram, como João Gonçalves (PV), Everaldo Dourado (PTB), Carlos Alberto (PCdoB) e Paulo Freire (PDT).

O ex-presidente do partido, José Marcelino, fez um discurso emocionado, lembrando da história da agremiação no município, fazendo uma linha do tempo, a exemplo do que fizeram o prefeito Zé das Virgens e o presidente empossado, vereador Erício Batista. Cada um deles resgatou diferentes partes da história partidária e dos seus contemporâneos.

Eles falaram da fundação do PT em Irecê, em 1980, quando então estudante da Esagri – Escola Agrotécnica de Irecê, Zé das Virgens, juntamente com mais dois colegas, formaram a primeira equipe dirigente da agremiação na região, em plena Ditadura Militar. Lembraram dos desafios em fazer política na época da censura e tortura, que eram desafiados nas ruas, na luta por democracia e liberdade.

As sucessivas candidaturas, de Décio Mendes em 1988, obtendo 104 votos e a de Zé Marcelino em 1992, com aproximadamente 650 votos, ambas na disputa da prefeitura de Irecê, até chegar na histórica eleição do prefeito Zé das Virgens, com 15.141 votos, resultando na maior frente eleitoral de um prefeito no município, passando pelas eleições anteriores dos ex-vereadores Celson Cambuí, Maurício Fernandes, Otacílio Marques (Silú) e o atual vereador Erício Batista, no plano local, foram citadas. Eles destacaram também a ascensão do partido na Bahia e no Brasil, com Jacques Wagner e Lula, responsáveis, de acordo com os oradores, pela projeção positiva do Brasil no cenário internacional, pela estabilidade econômica e o maior plano de distribuição de renda da história brasileira.

A primeira-dama do município, Robéria Santana, que disputou o PED-Processo de Eleições Diretas, com Erício Batista, disse em seu discurso que o PT é maior que qualquer disputa interna, que o processo estava superado e era hora de trabalhar, para manter e fortalecer os princípios históricos da democracia petista. Parte da chapa representada por Robéria compõe o diretório municipal do partido.

Ao fazer uso da fala, o presidente empossado abriu a oportunidade para o manifesto dos novos dirigentes e em seguida ressaltou a importância do fortalecimento das alianças com os partidos da base, destacou a missão do novo diretório, enfatizando duas bandeiras que na ótica dele não podem ficar fora dos punhos da militância. “Compreendo que duas bandeiras não estão muito bem e que precisam ser reerguidas. São bandeiras históricas do nosso partido e que temos o dever moral de hasteá-las com firmeza e entusiasmo, que são as bandeiras da ética e da moralidade. Elas estão enfraquecidas e precisamos fazer com que elas tremulem com fervor”, disse o novo presidente do PT em Irecê.

Todos os oradores convocaram a militância para a luta, visando a manutenção do projeto político do PT no poder, com a reeleição de Wagner na Bahia e a eleição da primeira mulher para a Presidência da República, Dilma Roussef. (Texto do Cultura e Realidade de Irece BA)

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO