Governador Wagner anunciou novas obras para o Município de Boa Vista do Tupim.

Município recebeu Investimentos de 14,5 milhões


R$14.0 milhões e R$580 mil foram os investimentos inaugurados pelo governador Jaques Wagner durante sua visita ao município de Boa Vista do Tupim. Esta é a soma da inauguração das obras de restauração e pavimentação do trecho de 30km da BA-130 que liga a BR-242 à cidade, com investimento de R$ 12 milhões, seguido da assinatura de autorização para implantação de sistema simplificado de abastecimento de água na zona rural e perfuração de poço tubular.
Cálculos do Derba apontam que no trecho asfaltado circulam em média, 150 veículos por dia, beneficiando diretamente cerca de 115 mil pessoas dos municípios de Boa Vista do Tupim, Itaberaba e Marcionilio Souza e Ruy Barbosa, além de favorecer o escoamento dos produtos da agropecuária regional.

Abastecimento de água

Com recursos na ordem de R$ 90 mil, o sistema que será instalado no Assentamento Cambuí, contará com um aparelho dessalinizador – equipamento de fácil manuseio e longa vida útil utilizado no tratamento de água salobra – e beneficiará 152 moradores Já o poço será perfurado no Assentamento Polinésia e atenderá 222 pessoas, com um investimento de R$ 15 mil.

O governador Jaques Wagner informou no palanque que seu governo está implantando um sistema de abastecimento de água que beneficiará 3.770 pessoas dos municípios de Boa Vista do Tupim e Ruy Barbosa, regularizando o abastecimento de água das localidades de Amparo (B.V.Tupim), Zuca, Morro das Flores, Beija-flor e Jabuti, (R. Barbosa). O investimento nessa obra é de R$ 1,3 milhão. Também está em construção uma escola do Ensino Médio no Assentamento Beira Rio, com 240 vagas, onde vem sendo investidos recursos na ordem de aproximadamente R$ 275 mil.

O município de Boa Vista do Tupim tem extensão territorial de aproximadamente 2.630 quilômetros quadrados, sua população estimada é de 18.298 habitantes. A cidade foi emancipada em 1962 e atualmente vem experimentando novo surto de progresso, fortalecida por quase 10 assentamentos dos movimentos sociais da reforma agrária, MST ou CETA.

Fonte: Jornal  Oparaguacu

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll