Mulungu do Morro - Famílias são capacitadas para gerenciamento de recursos hídricos

O Programa um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC), está dando novas perspectivas para o município.

Todos os dias, a lavradora Carlita Maria Alves, 42 anos, vai ao barreiro pegar água para beber, tomar banho e cozinhar. Moradora da comunidade de Pedra Lisa, no município de Mulungu do Morro, a 502 km de Salvador, Carlita explica que as idas ao barreiro têm agravado as dores que sente na coluna. “Não vejo a hora dessa cisterna ‘chegar’ para esse sofrimento ser amenizado”, disse.
A exaustiva rotina de dona Carlita e de outras 23 famílias da comunidade vai mudar com a construção das cisternas para captação de água da chuva pelo Programa um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC), da Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA). As cisternas devem começar a ser construídas nos próximos quinze dias, através do Centro de Assessoria do Assuruá (CAA).

Na semana passada, as famílias foram capacitadas sobre Gerenciamento de Recursos Hídricos (GRH). Elas receberam orientações sobre como utilizar as cisternas, a importância de fortalecer a associação comunitária, e participaram de várias dinâmicas em grupos sobre participação cidadã e convivência com o semiárido. O curso também já aconteceu no município de Iraquara, onde 120 famílias foram capacitadas, e na semana que vem será a vez de Barro Alto, envolvendo 90 famílias.

Fonte: Ascom CAA - Centro de Assessoria do Assuruá

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll