Dicas para vender no Natal, por Meire Joyce

Para adequar sua loja, e claro, seu pessoal a essas mudanças, relaciono algumas sugestões NATALINA:

O ATENDIMENTO
Meire Joyce.
Tenha sempre em mente a importância de manter o bom padrão de atendimento, pois para o cliente não justifica dizer: “Ela(e) é temporária(o)! “; Desconfie daqueles que ainda estiverem disponíveis, pois se até o momento não conseguiram um emprego fixo, não são qualificados.
Não há falta de emprego no Brasil, há falta de mão-de-obra qualificada ;Então, busque estudar sobre o seu produto, ler o manual, instruições, está em cursos de atendimento ou outro vontado a sua área de atividade.

Os temporários devem conhecer muito bem as condições de venda, preços e informações sobre produtos. Tão bem quanto os efetivados e neste momento todos nós temos o mesmo nível de técnica, não existe novato e veteranos, existe uma equipe sólida atender com excelência.

“O cliente prefere esperar um pouco para ser bem atendido a ser mal atendido rapidamente. ”

- “Proíba” seus vendedores de falar “Pois não” e “Posso ajudar”, além de “caçar os clientes” do lado de fora, nas vitrines. São expressões e atitudes desgastadas, que criam antipatia e repelem o cliente. Essas recomendações valem para o ano inteiro;

Faça diferente, deixe o cliente entrar à vontade, para depois abordá-lo com simplesmente “Bom dia”, “Boa tarde” ou “Boa noite”, “Qualquer informação, estou à disposição, meu nome é Fábio”...qual o seu nome??? lembre de realizar abordagem positiva.

Lembre-se que se todo “cliente tem pressa” e ela aumenta nesses períodos, pois ninguém gosta de ficar muito tempo em lugares muito cheios de gente;

Um simples sinal com as mãos pedindo para aguardar, feito para os clientes que estão aguardando ser atendidos faz a diferença – faça o cliente perceber que você o viu e que irá atendê-lo após o(s) que está(ão) sendo atendido(s) por você. Isso ajuda a reduzir a pressa e ansiedade;

Todos devem estar preparados profissional e psicologicamente para o aumento do movimento na loja, para a pressa e a impaciência dos clientes. Então, regule seu emocional, prepare seu corpo, se alimentando bem, hidratando seu corpo e fortalecendo seu espirito, assim terá equilibrio na emoção com a razão.

Nunca tente adivinhar o grau de parentesco entre os clientes que você atende; se é pai, mãe, tia, avô ou avó, filho ou neto, não interessa a nós, só interessa fazer ele virá formador de opinião e não saber da vida intima dele e dos problemas deles.

O mais importante é você detectar quem vai decidir a compra e ficar “a seu favor”, para fechar a venda;

O atendimento deve ser objetivo, mas nunca rápido com o intuito de “expulsar o cliente mais rapidamente da loja” – quanto mais tempo na loja, mais se compra.
- Efetive se possível, os temporários que mais se dedicaram e obtiveram melhor desempenho.

A VISÃO, A ILUMINAÇÃO E AS CORES
Use decoração de Natal, mas tome cuidado com acidentes causados por curtos-circuitos, bem como por quedas de painéis e cartazes mal fixados;

Não deixe que a decoração prejudique a luminosidade da sua loja – quanto mais claro o ambiente, mais se compra;

Mantenha sua loja bem ventilada, pois o calor excessivo aliado a um grande número de pessoas “espanta os clientes”;

Cores quentes nas propagandas (vermelho, amarelo e laranja) chamam mais a atenção e incentivam o cliente a comprar mais.

Mantenha uma sinalização que facilite a localização dos produtos do momento, separando-os por setor e produtos congêneres.
Lembre-se que todos nós temos uma espécie de redoma invisível, que nos mantém a uma distância mínima das pessoas com as quais não temos intimidade.
Quanto menor a intimidade, mais distantes preferimos nos posicionar;
Por isso, tome cuidado para não limitar os espaços entre gôndolas e outras áreas de circulação, pois desestimulam os clientes a ficarem dentro da lojas. Procure não bloquear as entradas da loja, mantendo o lado direito livre, estimulando a entrada do cliente.

O OLFATO
Pense no olfato dos seus clientes, pois com um volume maior de pessoas circulando, a preocupação em aromatizar suavemente a loja deve ser maior que em outros períodos do ano. Além disso, estamos entrando no Verão...

É importante o cliente sentir uma cortina virtual de odor agradável e de limpeza, quando entra na sua loja ;

Lojas com odores desagradáveis vendem menos. Muitos clientes nem entram, pois o olfato, apesar ser um sentido fraco quando comparado com a visão e audição, provoca sensações, emoções, atitudes e lembranças.

Em períodos de maior movimento use odores suaves, pois aromas muito fortes e marcantes podem mexer negativamente com as pessoas, alterando inclusive seu nível de paciência para esperar o atendimento e escolher produtos.

Odores de produtos verdes, como eucalipto e pinho passam sensação de limpeza.

Evite odores doces, pois agradam às mulheres, mas desagradam muitos homens, quando usados em ambientes fechados.

A AUDIÇÃO
Pensando na audição, evite a poluição sonora. Coloque músicas no inicio do dia suaves, não muito lentas, sem volume alto, para acalmar os ânimos, o som tem que permitir que as pessoas conversem e manter os clientes mais tempo na loja;
Músicas muito agitadas estimularão os clientes a sairem mais rápido da loja em épocas de maior movimento.
Evite a repetição excessiva de músicas Natalinas. Varie bastante. Varie o estilo. Pesquise a preferência do seu público. Não deixe que uma música se repita em um intervalo menor que 20 minutos. No meio do dia até o fim do dia músicas mais agitadas, empolgantes, estimulantes como remixadas e dances.

O TATO
Mantenha os produtos de maior venda nesse período ao alcance das mãos dos clientes – tocá-los é sempre importante, e dispensa muitas vezes a abordagem direta do balconista, ganhando-se tempo na venda. Sobra mais tempo para a venda adicional;
É fácil sentir a textura dos produtos nos mostruários e no próprio visor dos produtos .

Fique atento à abertura das embalagens sem que se compre o produto.

O PALADAR

Sirva as bebidas em copos descartáveis.

O CLIENTE
Pergunte ao próprio consumidor se a venda foi feita corretamente e se o mesmo está satisfeito. Se a resposta for sim, é boa maneira de garantir uma próxima venda, ou ainda a pessoa terá a loja sempre em mente quando for comprar novamente. Caso seja negativo, você ainda terá a chance de corrigir a rota a tempo.

Tenha pequenos doces e chocolates disponíveis, pois a ingestão de açúcar reduz a fome, mantendo o cliente mais tempo comprando, ao invés de procurar locais específicos para alimentação .

Boas vendas, Boas Festas e um ótimo Ano novo!

Meire Joyce
BEL.ADM E CONSULTORA EMPRESARIAL

Escrito por Geyder Gomes para o site: morronoticias.com

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO