Polícia desvenda morte de funcionário da prefeitura de Mirangaba

Em tempo recorde, policiais civis e militares, sob o comando do delegado Eduardo Brito, elucidaram a morte de Edmundo Torquato da Silva, 50 anos, funcionário prefeitura de Mirangaba.

Depois de várias horas de interrogatório, o delegado Eduardo Brito concluiu que o crime foi praticado pelo também servidor público Roberto Carlos Oliveira Santos, réu confesso, e Celso Santos, dono de uma oficina mecânica, que está sendo acusado de cumplicidade.

Com os dois acusados foram apreendidas duas armas de fogo, sendo um revolver calibre 38 e uma espingarda calibre 32, uma toca brucutu, além das duas motos utilizadas para transportar a vítima até o local do crime.

Também ficou esclarecido que Torquato foi morto por volta das 22 horas, e não na madrugada, como suspeitava a polícia, já que PM de Mirangaba só foi acionada as 5h15mim da manhã desta quarta-feira.

Os dois acusados foram presos em flagrante e ficarão custodiados no Complexo Policial de Jacobina.

Edmundo Torquato da Silva, 50 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira, dia 15, numa estrada vicinal entre os povoados de Coqueiros e Palmeira, no interior do município de Mirangaba. Segunda a polícia, o corpo de Torquato apresentava um ferimento na altura do peito esquerdo, provocado por um tiro.

Noticia Livre/Foto: O povo quer saber

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll