Polícia prende maníaco que abusava de crianças em Glória

Reincidente em crime de abuso sexual contra crianças e adolescentes, o ajudante de pedreiro José Aparecido da Silva, de 22 anos, está preso na delegacia do município de Glória, região de Paulo Afonso, por ter tentado violentar uma menina de 11 anos, sobrinha de sua esposa. Ele vinha sendo investigado desde novembro do ano passado, quando tentou estuprar uma portadora de deficiência mental, não conseguindo consumar o crime devido à intervenção de vizinhos da vítima.

Interrogado pelo delegado titular Marco Antônio de Jesus Bacelar, José Aparecido declarou ter atacado a garota de 11 anos na residência da família, em Glória, quando a esposa e a sogra tinham ido à feira livre no município vizinho de Santa Brígida. Ao encontrar a criança dormindo no quarto o maníaco tentou despi-la, tendo ela acordado e gritado, chamando a atenção de um vizinho que a socorreu. Investigações preliminares indicam que o ajudante de pedreiro vinha abusando sexualmente de crianças na região há pelo menos três meses.
A pena prevista para o crime de estupro de vulnerável varia de oito a quinze anos de prisão. Nos últimos dois meses, policiais da Delegacia de Glória prenderam quatro pessoas envolvidas em abuso sexual de crianças e adolescentes no município. Na maioria das vezes os autores desses crimes são parentes ou pessoas próximas das famílias das vítimas.

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll