PF apreende 60 quilos de cocaína e prende 13 pessoas

Para combater o tráfico de drogas no sudoeste da Bahia e outros estados, cerca de 60 Policiais Federais e Policiais Militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado do Sudoeste (CIPE), de Vitória da Conquista, participaram, na manhã de ontem, da operação “Cerco Fechado”. No total, foram cumpridos 20 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão na Bahia, São Paulo Mato Grosso do Sul e Pernambuco.

No estado, foram realizadas buscas nos municípios de Jequié, Poções, Vitória da Conquista, Santo Antônio de Jesus e Salvador.

Além de 13 pessoas presas em flagrantes, foram apreendidos 60 quilos de cocaína pura, pasta-base de cocaína e maconha, como informou a PRF. Foram apreendidos também seis veículos, uma moto e armas.

Com a operação, que teve apoio da Justiça e do Ministério Público estadual da Bahia, a PF deu início às investigações contra as organizações criminosas há cerca de três meses. Neste período, a PF identificou os fornecedores de drogas em São Paulo, Pernambuco e Mato Grosso do Sul.

O material era comprado por traficantes das cidades baianas de Vitória da Conquista, Jequié e Poções, e distribuída para outros suspeitos.

Segundo a polícia, na Bahia, a organização criminosa era chefiada por um morador da cidade de Santo Antônio de Jesus, de onde ele comandava toda a compra e realiza toda a distribuição da droga para as cidades do sudoeste baiano.

Os policiais também identificaram alguns fornecedores que já se encontravam presos, alguns detidos em presídios de segurança máxima estaduais, de onde comandavam os carregamentos de droga e gerenciavam todo o esquema financeiro da organização.

No total, cerca de 10 mandados de prisão serão cumpridos em presídios.
Também foi identificado um fornecedor de Mato Grosso do Sul que se encontra foragido da Justiça, tendo sido condenado anteriormente também por tráfico de drogas e que se utiliza de documentos falsos para livrar-se da prisão.

Os presos foram conduzidos à Delegacia da Polícia Federal de Vitória da Conquista, após prestarem depoimentos foram encaminhados ao presídio local, onde permanecerão à disposição da Justiça. Todos eles responderão pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico, conforme previsto nos artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/06.

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll