Cartões pré-pagos são alternativa para quem não tem conta em banco

Eles funcionam como um cartão de débito e pode ser utilizado em compras e saque

Os cartões pré-pagos, classificados como "multiuso" ou de "uso genérico", passaram a ser uma alternativa para aqueles que não têm conta em banco ou que planejam controlar os gastos. Essa modalidade já é comum em países como os Estados Unidos, mas estão sendo oferecidos no Brasil há pouco tempo.

Eles funcionam como um cartão de débito e podem ser utilizado em compras e saques em caixas eletrônicos, além de algumas administradoras permitirem a compra pela internet com o pré-pago. Geralmente é preciso pagar uma tarifa para emissão destes cartões e a primeira carga.

Segundo informações do site Uol, a empresa Visa, por exemplo, lançou cartões pré-pagos em parceria com Banco do Brasil e Banco Rendimento e, somente em outubro, o Banco do Brasil vendeu 5 mil unidades do Ourocard Pré-Pago Visa. Ainda não é necessário pagar pela aquisição, mas, por enquanto, só pode ser adquirido por correntistas, que podem repásso-los a terceiros.

Em abril, o banco Panamericano lançou sua versão pré-paga em parceria com a MasterCard e pode ser adquirido por qulquer pessoa, não necessariamente correntistas, e podem ser recarregados em casas lotéricas.

Em entrevista ao site uol, a gerente-executiva do mercado de cartões da pessoa física do Banco do Brasil, Maria Izabel Gribel, afirmou que o cartão é também uma possibilidade para mesada dos filhos. Para ela, o produto pode até ajudar na educação financeira da criança ou do adolescente, uma vez que força a administrar o próprio dinheiro.

Conheça o cartão pré-pago mais popular lancado pelo o unibanco e agora unibanco itau, muito facil de adquirir o seu, e se você indicar mais pessoas para pedir o cartão você ganha sobre os gastos da pessoas indicadas por toda vida, clique aqui ou na imagem abaixo e conheça o cartão pre-pago do unibanco, você irá ganhar muito dinheiro com ele nas indicações...

Clique na imagem acima para pedir seu cartao pre-pago


0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO