Prefeito João Henrique é parado em blitz da Lei Seca

Acompanhado de uma mulher morena que estava no banco do carona, o prefeito evitou comentar as declarações de sua ex-mulher,

O prefeito João Henrique foi surpreendido, ontem à tarde, por uma blitz da Lei Seca, montada na Avenida Oceânica, na altura do antigo Clube Espanhol, na Barra. Ao ser parado pelos guardas da Transalvador, o prefeito desceu do veículo e se disse "seguro" para fazer o teste do bafômetro. Depois de falar próximo ao novo aparelho que realiza o teste e que dispensa o sopro, o prefeito foi liberado para conduzir o carro e seguir o seu caminho.

Acompanhado de uma mulher morena que estava no banco do carona, o prefeito evitou comentar as declarações que a sua ex-mulher, a deputada Maria Luiza, fez na Assembleia Legislativa da Bahia. Na semana passada, ela usou a tribuna da Casa para "esclarecer os fatos da sua separação" e afirmou ter sido traída pelo prefeito.

Segundo ela, João Henrique estaria tendo um caso com a subsecretária de Saúde e também cardiologista pessoal dele, Tatiana Paraíso. Questionado sobre o fato, o prefeito foi enfático: "não falo da minha vida pessoal". Em seguida, entrou no carro e saiu, enquanto a mulher no carona tentava cobrir o rosto.

Prefeito João Henrique é parado em blitz da Lei Seca.
Realizada por duas horas, a Operação da Lei Seca abordou 198 veículos, de acordo com a supervisora da Transalvador, Maria do Socorro. Destes, quatro condutores receberam uma medida administrativa por terem ingerido álcool.

Um outro motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro e também foi autuado. Eles pagarão uma multa de R$ 957 pela infração. Ainda segundo o balanço do órgão de trânsito, oito veículos foram recolhidos porque os condutores estavam sem carteira.

Do CORREIO
http://www.correio24horas.com.br/

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO