Bahia terá sistema integrado de proteção ao crédito

Faceb assina contrato com a Boa Vista para oferecer serviço às 146 associações comerciais baianas; Estado é o primeiro a aderir o convênio CACB/Boa Vista

A Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia (Faceb) assinou, nesta quarta-feira (15), contrato com a Boa Vista Serviços para oferecer produtos e serviços de proteção ao crédito às 146 associações comerciais baianas. O contrato, que vai permitir a instituição de um sistema integrado em todo o estado, faz parte do convênio firmado em dezembro de 2011 entre a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) e a Boa Vista, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).

“O convênio é uma maneira de fortalecer o sistema associativista, que vai gerar mais agilidade e proteção ao setor”, reforçou o presidente da CACB, José Paulo Dornelles Cairoli. “É um projeto audacioso e representa um desejo unânime do estado de facilitar o acesso a serviços de proteção ao crédito. Diante das condições apresentadas no convênio da CACB entendemos que deveríamos aderir”, informou o presidente da Faceb, Cloves Cedraz, que assinou o contrato em São Paulo com a Boa Vista.

Segundo Cedraz, a intenção da federação é permitir que as associações comerciais da Bahia ofereçam serviços de qualidade e, ao mesmo tempo, se tornem superavitárias. “Queremos ser uma referência para o país já que somos o primeiro estado a aderir o convênio”, acrescentou.

Hoje, das 146 associações comerciais do estado, apenas 32 dispõem desse tipo de serviço. “A partir de agora, queremos ter um sistema integrado entre as associações que já têm o serviço e difundir para as demais”, afirmou o presidente da Faceb. Conforme Cedraz, a federação enviou comunicado a todas as entidades associadas informando sobre o novo contrato e já houve manifestação positiva de algumas associações, como a da Bahia, a maior do estado.

O interesse foi motivado por uma visita de executivos da CACB e da Boa Vista a Feira de Santana, no dia 19 de janeiro, para orientar a federações e associadas sobre o convênio CACB/Boa Vista. Na ocasião, cerca de 100 Associações Comerciais baianas participaram do encontro e, muitas delas, se mostraram dispostas a aderir ao projeto. A Boa Vista oferecerá todo suporte técnico e treinamento para executivos e profissionais de venda que vão atuar com os produtos e serviços de proteção ao crédito.

Convênio

O convênio CACB/Boa Vista cobre todo País e fornece ao lojista mais de 350 milhões de dados e 42 milhões de registros sobre empresas. Por meio do convênio, as Federações e Associações Comerciais e Empresariais espalhadas pelo País poderão oferecer, distribuir e comercializar produtos de análise e proteção de crédito da Boa Vista, como consulta a cadastro de empresas e pessoas físicas com informações de endereços, telefone, email, cruzamento de dados para avaliar a possibilidade de inadimplência do cliente. Ao todo, são mais de 30 produtos e serviços.


Luiz Antônio Bortolin (executivo CACB)
e Cloves Cedraz ( presidente da Faceb)
 Fonte:Imprensa CACB

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO