Facebook fixa preço de ações entre US$ 28 e US$ 35

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (3) que colocará o preço de suas ações entre US$ 28 e US$ 35 quando estrear na bolsa de valores de Nova York. Os valores fazem com que a rede social seja avaliada por algo entre US$ 85 bilhões e US$ 95 bilhões –a previsão inicial era que esse valor chegasse aos US$ 100 bilhões.

A informação foi divulgada pela rede social em um adendo aos documentos apresentados aos órgãos regulatórios para a realização da oferta inicial de ações (o chamado IPO). A estreia da rede social na bolsa de Nova York está prevista para maio, com o símbolo FB.

A avaliação em até US$ 95 bilhões coloca o Facebook como a empresa de internet mais valiosa no momento de seu IPO – o número supera o Google, avaliado em US$ 23 bilhões em 2004.

Ainda de acordo com o “Wall Street Journal”, a estreia na bolsa de valores deve acontecer nas próximas duas semanas. A companhia estaria planejando começar a falar com investidores sobre suas ações já na próxima segunda-feira (7).

Futuros milionários

O quadro de funcionários da rede social subiu de 700, no final de 2008, para mais de 3 mil em 2011. Como a empresa usa ações como forma de remuneração, fontes da agência Reuters disseram em dezembro passado que, mesmo sob uma estimativa conservadora, pode haver mais de 1 mil pessoas destinadas a receber mais de US$ 1 milhão em ganhos quando a empresa abrir seu capital.

Os primeiros funcionários do Facebook, que receberam participações acionárias, e os primeiros investidores do setor de capital de risco receberão as maiores recompensas, afirma a reportagem. Estima-se que Zuckerberg detenha pouco mais de um quinto da companhia, de acordo com David Kirkpatrick, autor de "The Facebook Effect". Mas o dinheiro também beneficiaria engenheiros, vendedores e outros funcionários contratados mais tarde, já que a maioria recebe salários e mais alguma forma de remuneração relacionada a ações.

O Facebook foi fundado em fevereiro de 2004 nos dormitórios dos alunos na Universidade de Harvard por Mark Zuckerberg, Chris Hughes, Dustin Moskovitz e o brasileiro Eduardo Saverin. Já no meio de 2004, a rede social recebeu sua primeira rodada de investimentos, feita por Peter Thiel, no valor de US$ 500 mil. O nome inicial do site era Thefacebook.
DO BOCAO NEWS

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK http://www.facebook.com/bahiaemfocos

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll