MSTB reivindica casas do Instituto Brasil que não foram entregues

O MSTB – Movimento Sem Teto da Bahia está se preparando para reinvidicar as casas que o Istituto Brasil deveria entregar. Segunto informações, a construção de alguns imóveis nem se iniciou, e outros ficaram pela metade. Na microrregião de Irecê, nas cidades de Uibai, Canarana, Lapão e outras, mais de 150 famílias esperam a entrega destas casas.

O coordenador do MSTB na região de Irecê, João Da Hora, nos relatou que na próxima semana estará reunindo-se com as comunidades que deveriam ser beneficiadas com o projeto, mas que não receberam e nem tiveram providências tomadas pelo Estado.

Sem abrigo e sem respostas, as famílias não tiveram assistências do governo tiveram que improvisar moradias, tendo que viver de favor ou de aluguéis.

Militantes em prol dessas comunidades, João da Hora afirma que essa população necessita que as autoridades possam estar garantindo o direito fundamental à moradia, o qual foi violado pelo Instituto Brasil, acusado de desviar verbas públicas para o financiamento de campanhas.

“Iremos reunir essas familias e cobrar da Sedur as construções desses imóveis. O povo quer saber onde está o dinheiro público que sumiu ou foi investido na campanha de algum deputado do PT na região de Irecê”, acusa João da Hora.

Segundo João da Hora, o instituto tinha como coordenador na região de Irecê o candidato a prefeito de Lapão Militão, filiado ao PT, que também não prestou esclarecimento a população sobre a questão.

O MSTB – Movimento Sem Teto da Bahia está
 se preparando para reinvidicar as casas que o
Istituto Brasil deveria entregar.
“Nós queremos também que a Assembléia Legislativa possa instaurar uma CPI para apurar esses casos de desvio de milhões de reais dos cofres públicos. Em breve nós iremos a Salvador cobrar isso dos nossos representantes para que estejam intervindo nessa questão”, conclui João Da Hora coordenador do MSTB na região de Irecê. Lider Notícias


Leia tambem:
CASAS POPULARES: Auditoria em ONG aponta rombo de R$ 7 milhões na Bahia.
CASAS POPULARES: MP-BA pede bloqueio de bens do Instituto Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll