Internautas criam grupo no Facebook para compartilhar fotos capturadas pelo Google Street View

Inspirados pelo CORREIO, que mostrou em sua edição de ontem flagrantes soteropolitanos capturados pelas lentes do Google Street View, internautas decidiram fazer o mesmo. Criaram inclusive o grupo A Salvador que o Google Viu para compartilhar imagens de mazelas de Salvador na rede social Facebook, a maior do mundo, com cerca de 900 milhões de usuários.

O grupo foi criado ontem, por volta das 14h, e rapidamente agregou mais de 240 pessoas, boa parte atuando como detetives virtuais em busca de cenas nada turísticas da capital baiana. As imagens que ilustram esta reportagem neste link, por exemplo, foram copiadas do Facebook. As fotografias não mostram nada que os soteropolitanos não estejam mais do que acostumados a ver em sua cidade. Os registros revelam muito lixo nas ruas, mendigos, vias esburacadas, calçadas destruídas, graves problemas sociais e urbanos, além das muitas áreas degradadas da capital.

O problema é que, se antes essas cenas eram restritas aos moradores e visitantes que passavam por Salvador, agora podem ser vistas por qualquer um, em qualquer lugar e a qualquer momento. Basta apenas estar conectado à internet. A novidade foi anunciada ontem pelo CORREIO, em sua matéria de capa. Desde terça-feira, Salvador e mais 77 cidades brasileiras passaram a fazer parte do sistema de mapeamento urbano panorâmico Google Street View, serviço presente em mais de 45 países. Essas imagens estarão disponíveis aos internautas de todo o mundo até a Copa do Mundo de 2014 e, provavelmente, até as Olimpíadas de 2016.

Página do grupo A Salvador que o Google Viu, na rede Facebook;
Além dos problemas da capital baiana, suas belezas naturais e históricas também são exibidas. O serviço do Google, na verdade, oferece um grande passeio virtual pela cidade, a visão exibida na tela é semelhante a de quem caminha na rua.

DO CORREIO
correio24horas.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll