APLB de Canarana faz acordo com Prefeito Municipal e professores terá salarios parcelados


Bloqueio de verbas públicas causa polêmicas em Canarana BA.
De acordo com informações de alguns professores filiados a APLB - Sindicato Núcleo de Canarana Bahia passada para o site Bahiaemfocos.com, os mesmos estão revoltados por conta do acordo firmado entre a direção do Sindicato e o atual prefeito o Sr. Reinan Oliveira, acordo este para que a entidade desbloqueia os repasses, e que a prefeitura possa pagar o salário vencido em dezembro dividido em 3 parcelas sendo a primeira no inicio de fevereiro, os professores alegam que o acordo foi feito a portas fechada, sem comunicar com os associados, ou mesmo passar qualquer informações a eles, pois eles querem receber seus vencimento em uma única parcela, caso prevaleça o acordo ora firmado, eles vão se reunir e fazer uma manifestação contra a entidade inclusive pedindo que os associados se desfilem da mesma.

Professores revoltados por causa de acordo fechado.
O Site BAHIA EM FOCOS ouviu o Coordenador da APLB, o Sr. Joseli Ferreira de Oliveira, este detalhou tudo que aconteceu antes e depois do acordo firmado com o prefeito municipal e qual foi objetivo de ter feito, explicou também qual seria as dificuldades se não fosse feito este acordo com o atual prefeito.

Sr. Joseli Ferreira de Oliveira explica abaixo a todos como foi feito o bloqueio dos repasses e o acordo para desbloqueá-los:

Esses valores anteriormente bloqueados conforme a matéria: CANARANA: APLB Sindicato impetra mandato de Segurança contra a Prefeitura Municipal publicada neste site foi aumentando para R$ 170.769,33 + R$ 324.835,74 num total de R$ 495.605,07 do FUNDEB somando-se ao FPM, passou a ser R$ 1.712.568,90, porém esta outra decisão aconteceu somente em 31 de dezembro de 2012 ou seja esta decisão do mandado de segurança com liminar passou a vigorar já na administração atual ficando com um débito de R$ 1.413.437,27 – R$ 495.605,07 = R$ 917.832,20, dívida deixada pelo ex prefeito e que o prefeito atual está assumindo, porém não há possibilidade nenhuma de pagar-se em menos tempo muito menos de uma só vez.

Fizemos várias propostas, mas não foi possível o gestor e sua equipe acatá-las porque comprometeria sua administração podendo até a prefeitura ter que fechar as portas e voltar abrir somente em março tempo em que estaríamos recebendo os vencimentos de janeiro de 2013. Outra possibilidade que nos foi colocada é que se continuar mantido o bloqueio mesmo conta a vontade dele (gestor) seria obrigado a entrar com uma liminar derrubando-o para que a prefeitura possa funcionar normalmente, situação esta que obrigaríamos a brigar na Justiça para podermos receber os nossos direitos e ai colegas, poderia levar anos para resolver a situação, mas o prefeito Reinan e sua equipe nos fizeram à proposta de nos pagar o 13º (décimo terceiro) e 1/3 (um terço) de férias no dia 10 de janeiro de 2013 e que o salário de dezembro seria pago em três parcelas. Para nós não restava outra alternativa, era pegar ou largar, por isso tivemos que aceitar.

Queremos lembrar aos trabalhadores em educação do Município de Canarana que não devemos ter memória curta, pois em 2005 tivemos uma situação semelhante a que estamos passando, porém com um diferencial. Naquela oportunidade o prefeito nos atendeu mediante intervenção do Ministério Público fazendo-nos uma proposta inicialmente de nos pagar em 46 meses, ou seja, durante todo ou seu primeiro mandato, pois já havia 2 meses na administração municipal.

Temos consciência que para tomar certas decisões é necessário que seja discutido em assembléia, porém não havia tempo, pois solicitamos uma audiência com o ex-prefeito e sua equipe já mencionada tivemos que correr contra o tempo. Temos certeza que se assim não agíssemos, estaríamos chorando o leite derramado, pois receberíamos no máximo o 13º (décimo terceiro) conforme extrato da conta que nos foi apresentado.

Para finalizar, é lamentável o que algumas pessoas que se diz educadores estão fazendo conosco com suas postagens nas redes sociais denegrindo a nossa imagem e consequentemente a nossa reputação com seus comentários maldosos e sem conhecimento de causa. Se não bastasse, ainda como já foi citado acima pretendem fazer manifestação em frente a sede da APLB Sindicato. Isso nos deixa chateado porque enquanto estamos lutando a favor de uma categoria, infelizmente algumas pessoas lutam contra.

Queremos dizer que estamos tranquilos e que temos a consciência do dever cumprido, e que Deus possa tocar no coração e abrir a mente de cada um para que vocês possam entender. (bahiaemfocos.com)

OBS.: Será publicada neste site na proxima segunda feira qual será a data para a realização de Assembléia Extraordinária da APLB - Sindicato, Núcleo de Canarana Bahia.

Leia  outro assintos:
A APLB-Sindicato - Núcleo de Canarana, na luta por uma Educação de Qualidade
CANARANA: O Prefeito Renan Oliveira, se deparou com um dos maiores descasos já visto em uma administração.
CANARANA: APLB Sindicato impetra mandato de Segurança contra a Prefeitura Municipal
Lagoa Velha foi contemplado com o projeto EMITec da Secretária da Educação da Bahia.
CANARANA BAHIA: População sofre com descaso na saúde.

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS ABAIXO:

0 comentários:

Postar um comentário

Blogroll