Segurança do papa Francisco falha mais uma vez no Rio e confirma a tese de que Deus é brasileiro

Brincadeira tem hora – O papa Francisco precisa se acostumar com o improviso verde-louro, pois durante sua estada no Brasil a incompetência do governo federal em relação à sua segurança será a tônica do cotidiano. Na segunda-feira (22), dia que em que o chefe da Igreja Católica chegou ao Rio de Janeiro, uma falha grave da segurança permitiu que o carro que levava o papa à Igreja da Candelária, no centro do Rio, fosse cercado por populares. Naquele momento, qualquer pequeno incidente teria causado uma tragédia na já arranhada imagem do Brasil. Até mesmo um xingamento provocaria estragos.

Ocorrido o fato, a cúpula palaciana se movimentou e uma reunião aconteceu com o staff papal para reavaliar detalhes da segurança de Jorge Mario Bergloglio, o bispo de Roma. Do encontro participou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que entre suas atribuições está a tutela da Polícia Federal. Como sempre acontece nas ações com a chancela do governo, o resultado prático da reunião foi um fracasso.

Nesta quarta-feira (24), quando o papa se dirigia da Casa Assunção, residência da Arquidiocese do Rio, para a Base Aérea do Galeão, de onde partiu para Aparecida, um novo e pequeno congestionamento fez com que mais uma vez o carro do papa fosse cercado por pessoas que ao longo do trajeto aguardavam a passagem do pontífice. O papa Francisco abriu a janela do carro e cumprimentou os fiéis, mas o fiasco da segurança abriu a possibilidade para um atentado.

A assessoria do papa está muitíssimo preocupada com as seguidas falhas na segurança, mas ao Palácio do Planalto essas gafes parecem não importar. Fosse a presidente Dilma Rousseff uma mulher de pulso, como reforça a boataria que impera nos bastidores do poder, o ministro da Justiça e integrantes da cúpula da Polícia Federal já estariam demitidos. Mas o Brasil é o país do jeitinho e José Eduardo Cardozo é uma espécie de ponta de lança de Dilma contra os atuais donos do PT, começando pelo histriônico Lula.

Resumindo, o pior só não aconteceu porque Deus é brasileiro e os anjos da guarda dançam tango no céu.

Fonte: http://ucho.info/seguranca-do-papa-francisco-falha-mais-uma-vez-no-rio-e-confirma-a-tese-de-que-deus-e-brasileiro

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO