Encontro discute fortalecimento da segurança pública em Irecê

Através de medidas sociais e preventivas, juíza acredita que violência pode ser reduzida.

Representantes de diversos órgãos ligados à segurança pública do município de Irecê se reuniram na tarde nesta terça-feira (28), para discutir estratégias eficazes para o combate ao índice de na cidade, principalmente nas regiões periféricas, onde cresce o número de assaltos e homicídios.

Irecê praça da Igreja Bom Pastor
Em relação às diligências da Companhia de Ações Especiais do Semiárido - Caesa, em apoio ao trabalho da Polícia Militar, por exemplo, ficou decidido que a estrutura de fortalecimento às operações e ações serão viabilizadas pelo 7º Batalhão da Polícia Militar (BPM) e prefeitura.

Na ocasião, a Juíza de Direito Luiza Elizabeth de Sena Sales Maia, também garantiu empenhar esforços para o retorno da Defensoria Pública, que, segundo ela, encontra-se sem patrocínio, emperrando centenas de ações processuais que tramitam na Vara Criminal, oriundas das comarcas desativadas de Jussara e Ibititá.

“Estamos empreendendo esforços para oferecer à população o efetivo funcionamento das medidas necessárias de segurança, através de posturas preventivas das autoridades da segurança pública”, disse a juíza em entrevista nesta quarta (29), à Rádio Caraíbas FM.

Além da juíza, o encontro reuniu o promotor de justiça, Sammuel de Oliveira Luna; o comandante do 7º MPB, Ten. Cel. Josehilton Martins dos Santos; o Coordenador Regional de Polícia, Cleriston Jambeiro; o prefeito Luiz Pimentel Sobral; além do presidente da Subseção/OAB Valdiney Lopes e a procuradora do Município, Aline da Cunha Santana. (Irecê Repórter)

Leia também:
SALOBRO: Conselho Comunitário de Segurança tem novo Presidente
Eleição para a criação do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Salobro Bahia

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO