“Cafu” Barreto afirma que Ibititá enfrenta a 'crise' com planejamento e trabalho

O país vive um dos seus piores momentos, passa por uma das piores crises econômicas da história. Reflexo disso são os cortes dos repasses da União aos Estados, como: FPM, ICMS, verbas de emendas parlamentares dentre outros, consequentemente, do Estado aos municípios. Com isso, os recursos são diminuídos e a população diretamente afetada. Em entrevista ao Jornal da Caraíbas FM, nesta sexta-feira, 11, o prefeito de Ibititá, “Cafu” Barreto (PSD), fez um balanço dos três anos de sua administração municipal, falou sobre a crise econômica por que passa o Brasil e faz projeções para o futuro.
Cafu Barreto Prefeito de Ibititá Bahia

Em relação à crise econômica, Barreto disse que vem enfrentando esse momento difícil que atravessa o país, com muita criatividade e cautela, planejamento, realizando obras e, principalmente, atendendo as solicitações essenciais da população. Especialmente na área da saúde. As obras não param no município. São obras que mudam de fato a vida das pessoas gerando renda e emprego ao povo de Ibititá, além de aquecer a economia local. Segundo “Cafu”, o equilíbrio nas finanças do município torna a administração mais enxuta, mesmo em tempo de crise. “O que se ver em Ibititá, é uma prefeitura com suas finanças equilibradas, mesmo neste momento difícil” – afirmou Barreto.

Cumprindo a promessa de inaugurar duas obras por mês no município de Ibititá - até o final do seu governo - o prefeito “Cafu” apresentou uma série de obras importantes para o seu município, que será inaugurada no próximo ano. Entre elas a estrada que liga o distrito de Canoão à sede do município.

0 Opiniões:

Postar um comentário

A MATÉRIA EM AUDIO