Auxilio Emergencial foi prorrogado até 2022?

Auxílio emergencial foi confirmado para 2022?
VEJA O VÍDEO ABAIXO 👇
Há semanas, a imprensa nacional vem investigando a probabilidade de renovação auxílio emergencial para 2022. Na última sexta-feira (1), o ministro da Economia, Paulo Guedes, havia afirmado que o auxílio emergencial seria estendido pelo ministro da Cidadania, João Roma. No entanto, horas depois o mesmo voltou atrás e começou a defender o novo Bolsa Família, conhecido como Auxílio Brasil. (Continue lendo após as publicidades)

“O ministro Tarcísio (de Freitas, da Infraestrutura) vai vender mais 22 aeroportos. O ministro Rogério Marinho (do Desenvolvimento Regional) vai concluir as obras. O ministro João Roma vai estender o auxílio emergencial. Nós somos um time remando pelo Brasil”, afirmou Guedes inicialmente.

“O Ministério da Economia esclarece que o governo quer estender a proteção aos cidadãos em situação de vulnerabilidade com o novo programa social Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família. […] Em sua fala durante o evento de comemoração dos 1.000 dias de governo no Palácio do Planalto, nesta sexta-feira, o ministro falou em ‘Auxílio Emergencial’ em vez de ‘Auxílio Brasil'”. Mencionou a assessoria de Paulo Guedes depois.

A realidade é que mesmo sendo aprovado o texto de consolidação do Auxílio Brasil, o governo federal vem se preparando para a possibilidade estender o auxílio emergencial.

Isso porque, o novo projeto que substituiria o Bolsa Família, corre o risco de não ser implementado devido as limitações orçamentárias da União.

Auxílio emergencial em 2022 Como alternativa para garantir a concessão de um abono social, levando em consideração ainda as eleições presidenciais de 2022, Bolsonaro estuda a possibilidade de manter o auxílio emergencial.

De acordo com fontes internas do governo federal, em entrevista ao Valor Econômico, os gestores estão cogitando a possibilidade de manter o auxílio emergencial até maio de 2022. A medida, no entanto, só será adotada caso não haja solução para o novo Bolsa Família.

A previsão é de que a decisão seja tomada ainda em outubro, tendo em vista a necessidade de entregar a LDO do próximo ano. Somente se a reforma do imposto de renda for aprovada é que o Auxílio Brasil será mantido e o auxílio emergencial será suspenso.

LEIA TAMBÉM:


Prorrogação do Auxílio Emergencial é confirmada, e pode ir até abril de 2022?

Postar um comentário

0 Comentários

A MATÉRIA EM AUDIO