SALOBRO: Mais uma luminária do Jardim da Aurelina dos Santos foi destruida

Poste destruído a noite fio energizado na grama molhada.
Já não bastasse os vândalos destruíram três luminárias do Jardim da Rua Aurelina dos Santos em Salobro, desta vez mais uma foi destruída por mulheres, ao anoitecer do dia 03 de agosto de 2013, segundo informações do Zelador José Paulo, algumas jovens foram tirar fotos na grama, uma delas resolveu ser fotografada abraçada à luminária ao subir na base da mesma não resistiu sendo quebrada, só restam sete de um total de onze.

Vista parcial do Jardim e Prédio onde poderá
ficar a Guarda Municipal (Vigilantes Noturnos)
Para melhorar a segurança do Jardim no período noturno, o Vereador Marcelo Inocêncio solicitou ao Prefeito Reinan Oliveira, a transferência do Posto dos Correios que está funcionando temporariamente no prédio do jardim para um imóvel público localizado na Rua Manoel Martins, e em seguida a transferência da Guarda Municipal de Salobro - (Vigilantes Noturnos) do prédio da antiga delegacia de polícia para o prédio do jardim, o Vereador Marcelo está aguardando a decisão definitiva por parte de Reinan Oliveira, se será feito a transferência ou não.

Reforçando a Solicitação de Marcelo, o editor do Bahiaemfocos.com passou a solicitação para o Administrador Distrital de Salobro o Sr. Gileno Gil de Souza, para que seja tomada as providências necessárias impedindo que seja destruído outros bens público do Distrito de Salobro.

Leia  também:
7 de setembro e Salobro. Poesia de João Evangelista (Vange Marceneiro)
SALOBRO: Prefeito Reinan Oliveira entrega Base do SAMU para a comunidade
Representantes do Distrito de Salobro participou do 1º Seminário Regional Emancipalista de Ibiaporã
Lei que criou o Distrito de Salobro no Município de Canarana.
A SAGA DE OSVALDINA, GUERREIRA DE SALOBRO
Prefeitura de Canarana amplia frota de veículos e máquinas pesadas
CANARANA: Prefeitura lançou o Diário Oficial do Município com Publicações de Atos Administrativos, Licitações, Contratos e outras notícias

1 Opiniões:

A MATÉRIA EM AUDIO