• This is Slide 1 Title

    This is slide 1 description. Go to Edit HTML and replace these sentences with your own words. This is a Blogger template by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com...

  • This is Slide 2 Title

    This is slide 2 description. Go to Edit HTML and replace these sentences with your own words. This is a Blogger template by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com...

  • This is Slide 3 Title

    This is slide 3 description. Go to Edit HTML and replace these sentences with your own words. This is a Blogger template by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com...

Padres Pedófilos, Igreja em crise.

Pela primeira vez na história da igreja católica brasileira o vaticano reconhece um caso de abuso sexual contra menores. A longa investigação do Conexão Repórter repercutiu em todo o mundo e foi a base dos depoimentos da CPI da pedofilia em Arapiraca.

Após duas horas de conversa, padre Edilson Duarte revela a Roberto Cabrini ter abusado de menores e faz revelações surpreendentes. Imagens exclusivas de uma CPI da pedofilia histórica.

Prisões, confissões, revelações, perplexidade. Nossa investigação é a base, não só dos trabalhos da CPI da Pedofilia, mas também das investigações da Polícia Civil e do Ministério Público de Alagoas. O vídeo é o ponto de partida e a nossa investigação se aprofunda. Gravações reveladoras, muitas com câmera escondida. Outras com o conhecimento de uma das partes. O depoimento das vítimas. Entrevistas contundentes. Testemunhas localizadas, que confirmam abusos. E uma série de detalhes apurados. Tudo isso fornece às autoridades fortes indícios da formação de uma quadrilha de pedófilos agindo na Igreja Católica em Arapiraca.
No dia 16 de abril de 2010 a Comissão Parlamentar de Inquérito da pedofilia do Senado Federal se transfere para a cidade alagoana. O presidente da CPI, senador Magno Malta, ouve todos os envolvidos nas denúncias. Vítimas e algozes cara a cara. Ânimos exaltados.

O que antes estava só por trás da sacristia é exposto. Os ex-coroinhas relatam os abusos. Em um momento de forte emoção, uma das vítimas não aguenta. Flávio desaba ao lembrar dos anos de sofrimento. Depois do depoimento ele continua chorando e confessa: está com medo de represálias.

Maria, empregada do monsenhor Luiz Marques, também é chamada para depor. Diz que nunca viu nada nos sete anos em que trabalha na casa do religioso. Mas o depoimento dela não convence o Ministério Público, nem as delegadas e nem a CPI. Ela foi presa por falso testemunho.

O atual motorista do monsenhor Luiz, Reinaldo Bezerra, também afirma nunca ter visto nada suspeito. Mas a gravação do Conexão Repórter prova o contrário. E revela que ele não só tinha conhecimento das relações, como também de que os atos começaram quando os coroinhas eram menores. Um caso clássico de falso testemunho. O senador Magno Malta chama o ex-coroinha Fabiano para uma acareação e ele relata que o motorista tinha total conhecimento dos abusos. O senador enfatiza que a conversa entre o motorista e o ex-coroinha, gravada pelo Conexão Repórter, foi de extrema importância para as investigações.

O depoimento do motorista na CPI foi considerado mentiroso. Por isso, ele também foi preso por falso testemunho. Outro trecho da investigação da nossa equipe é decisivo para que um dos acusados decida confessar. Nossas câmeras registram o momento em que o padre Edilson recebe Flávio, o ex-coroinha, de cuecas em sua casa. A gravação mostra um convite indevido. E na conversa, uma série de revelações. E com delação premiada, a confissão de padre Edilson Duarte. Monsenhor Raimundo, também acusado pelos coroinhas de ter cometido abusos, nega tudo.

E a parte mais tensa da CPI: Monsenhor Luiz Marques, que aparece no vídeo com o coroinha, é chamado para depor. Ele usa a Bíblia para se justificar. Confissões e pedidos de perdão. O clima esquenta com a acareação. Pela primeira vez, o monsenhor e os coroinhas frente a frente. E o momento em que o monsenhor mais influente de Arapiraca jamais imaginou: sua prisão.

Dois dias depois, a detenção é transformada em prisão domiciliar. Imagens exclusivas mostram os bastidores da CPI. Os acusados antes de prestarem depoimento e depois, a transformação. Uma rede de mentiras, pressão e ameaças desmascaradas.

Orla, valor do metro quadrado de terra, inviabiliza Minha Casa Minha Vida - Monte Gordo

Vivaldo de Oliveira Neto: “A Orla de Camaçari tem uma valorização maior que no Centro da cidade”, diz. “Nós ainda não temos projetos na Orla de Camaçari por causa do preço” (foto/Marcelo Franco)


Os moradores da Orla de Camaçari que não possuem condições dignas de habitação, cobraram a construção de unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida (MCMV) na região. Os locais mais solicitados foram em Barra do Jacuipe e Monte Gordo. Apesar do interesse, os representantes da Caixa informam, durante a Audiência Pública desta quinta-feira, 29, na Câmara de Vereadores, que há alguns empecilhos que impossibilitam o empreendimento.

O principal impedimento para realização, segundo o gerente regional de negócios da instituição, Vivaldo de Oliveira Neto, é o preço dos terrenos. “A Orla de Camaçari tem uma valorização maior que no Centro da cidade”, diz. “Nós ainda não temos projetos na Orla de Camaçari por causa do preço”, explica.

De acordo com as informações, caso fosse pago o valor alto exigido pelos terrenos, a parte estrutural, de obras, ficaria debilitada em função da diminuição da verba devido o gasto excessivo com a aquisição.

Há também as determinações ambientais que impedem a construção em área de preservação. Tendo inclusive, alguns projetos emperrados devido às demandas ambientais. Mas para alegria dos moradores de Monte de Gordo, a vereadora Luiza Maia (PT), deu uma boa notícia. “Digo a Monte Gordo que 700 casas já estão aprovadas”, contou.
Fonte: www.camacarifatosefotos.com.br

Leilão do sistema BA-093 será na próxima segunda-feira (03/05)

Empresários e motoristas aguardam com expectativa a recuperação e duplicação dos 125 quilômetros do sistema BA-093, que compreende as rodovias BA 093, 512, 521, 524, 526 e 535 e atende à Região Metropolitana, que representa 56,3% do PIB do Estado e 74,3% da arrecadação de impostos sobre produtos. Para definir a empresa ou consórcio responsável por administrar o sistema durante os próximos 25 anos, será realizado na próxima segunda-feira (3), na sede da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (BM&FBovespa), em São Paulo, o leilão do Sistema BA-093.

Seis consórcios e três empresas individuais vão participar do evento. Aquela que apresentar a menor proposta de tarifa será a vencedora da concorrência. As obras serão realizadas por meio de Programa de Parceria Público-Privada (PPP) com investimentos previstos de R$ 805 milhões e custos operacionais de R$ 798 milhões ao longo de 25 anos de concessão. O projeto ainda prevê a instalação de cinco praças de pedágio.

De acordo com o diretor geral do Departamento de InfraEstrutura de Transportes da Bahia (Derba), Berchris Requião, logo após o resultado do leilão, a empresa ou consórcio vencedor deve se instalar no trecho e iniciar imediatamente as obras de melhorias, previstas em edital. Nos seis primeiros meses deverão ser feitos serviços de emergência, como drenagem, sinalização e segurança para os usuários que trafegam nos trechos.

Requião explica que, a partir daí, a empresa ou consórcio terá um prazo de três anos para duplicar, inicialmente, a BA-093 (Entroncamento da BR-324 / Entroncamento de Camaçari), BA-526 (CIA/Aeroporto) e BA-535 (Via Parafuso). A previsão é que até o ano de 2020, todo o Sistema da BA-093 seja totalmente duplicado.

Aprovação

O carreteiro Cesar Graff, 37 anos, conhece bem as dificuldades da estrada. Há um ano trafegando na BA-093, ele diz que a restauração da rodovia vai lhe proporcionar mais segurança e conforto, além da economia com a manutenção do veículo. “Quando a estrada está mal conservada, temos muitos gastos e despesas. Também a sinalização e uma boa pavimentação vão nos ajudar a ter mais tranquilidade na direção, porque não iremos mais correr perigo. Vale a pena porque teremos segurança”, afirmou.

Já o caminhoneiro Luciano Basaglia, 40 anos, afirma não se importar em pagar pedágios. Para ele, a PPP garante a manutenção das rodovias e a segurança nos trechos. “Haverá menos acidentes. Costumo sempre sair de São Paulo para cá. São em média duas viagens por mês e tenho visto muitos acidentes por causa de ultrapassagem perigosa. Com a duplicação, os motoristas não vão cometer mais estes tipos de absurdos, colocando em risco a vida de todos que estão na estrada”, observou.

De acordo com o superintende geral do Comitê de Fomento ao Polo Industrial de Camaçari (Cofic), Mauro Guimarães, a reestruturação do Sistema BA-093 vai trazer mais competitividade para a indústria baiana, atração de investimentos, além de facilitar a logística. “Hoje, todo sistema de logística prima pela velocidade e, com uma rodovia ruim, não dá para cumprir com rapidez a entrega de produtos, o que nos faz perder contratos. Outro beneficio de uma estrada de qualidade é a diminuição de custos. O empresariado baiano espera por esta recuperação há muito tempo. Hoje vemos isto se tornar realidade”, disse.

Fonte: correiofeirense.com.br

Moema Gramacho foi a grande vencedora do Prêmio Prefeito Empreendedor.

A prefeita Moema Gramacho foi a grande vencedora do prêmio Prefeito Empreendedor 2009, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O Programa Municipal de Aceleração do Trabalho, Emprego e Renda (Pater) foi o responsável pelo laureamento em solenidade realizada na noite desta quinta-feira (29). Sob aplausos da plateia que lotou o auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo, em Salvador, Moema recebeu o prêmio das mãos do secretário da Indústria, Comercio e Mineração, James Correia, que representou o governador Jaques Wagner. Moema agora disputa o prêmio nacional.

Ao todo foram destacados projetos de apoio ao empreendedorismo em 12 municípios, sendo que os segundo e terceiro lugares ficaram com os prefeitos de Salvador, João Henrique, e de Luiz Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz Filho.

A prefeita de Lauro de Freitas, que foi acompanhada no palco pelo vice-prefeito João Oliveira, ainda ganhou o prêmio temático referente às "Médias e Grandes Cidades". Moema ressaltou que a apresentação das experiências no prêmio do Sebrae é sinal de que "os prefeitos estão fazendo o dever de casa, e com competência". Ela enfatizou que o resultado dos programas de incentivo se dá pela confiança dos empresários, que vêm buscando se instalar na cidade. "Mais de 400 novas micros e pequenas empresas foram atraídas para o município em dois anos e estamos sempre disputando com Salvador, Juazeiro e Camaçari a primeira posição na geração de empregos", disse Moema. Em 2009, Lauro de Freitas foi a quanta cidade do país a gerar mais emprego e é a primeira da Bahia na comparação com população.
Moema destacou ainda que o município busca avançar mais na desburocratização que acelere a formalização do maior número de empreendimentos. "Este trabalho tem a influência direta das secretarias da Fazenda e do Trabalho, Emprego e Renda, além da Superintendência de Desenvolvimento da Indústria e Comércio (Sudics). Mas este também é um parabéns estendido a todas as secretarias, pois trabalhamos de forma integrada e transversal". A gestora elogiou também o empenho do superintendente do Sebrae, Edval Passos, que não mede esforços para levar aos municípios baianos conhecimentos para o empreendedorismo.

Edval Passos disse a todos os prefeitos presentes que as leis gerais das micro e pequenas empresas dos municípios precisam ir além das letras. "É preciso que estas leis sejam vivas e que todos os seus dispositivos sejam implantados", exortou. Ele incentivou os gestores à criatividade como forma de vencer barreiras e burocracias. "Eu não posso achar que as coisas são simples, elas são complexas. Mas não são complicadas, já que as possibilidades humanas são infinitas", encorajou. O secretário estadual de Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, reforçou que nunca houve tantos prefeitos comprometidos com o desenvolvimento dos municípios e que isso se reflete no crescimento econômico do estado.



Pater - Lauro de Freitas já foi apontada pelo Sebrae como referência nacional no incentivo à ação das micro e pequenas empresas, chegando, inclusive, a exportar sua "tecnologia de incentivo" formulada através do Programa de Aceleração do Trabalho, Emprego e Renda (Pater) para outros municípios do estado.

Secretário Municipal da Fazenda, Luis Carlos Guimarães comemorou o prêmio como estímulo aos servidores municipais e aos pequenos e micro empresários a fortalecerem cada vez mais essa parceria "O Pater é um programa inovador em níveis estadual e municipal, que consegue agregar várias entidades em torno de um programa único de geração de emprego e renda, capacitação de servidores e micro e pequenos empresários, de parceria com instituições privadas para fortalecimento desse segmento, sinalizando empreendedorismo", destaca Guimarães. Lauro de Freitas foi um dos primeiros municípios baianos a implantar a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, tema do prêmio SEBRAE 2009 e base para a elaboração do Pater.

O programa municipal fortalece a economia através da atração de novos negócios e a criação de postos de trabalho. As ações apontam para movimentos de parceria com empresas grandes, bancos de fomento e instituições de ensino superior que trabalham na capacitação das micro e pequenas empresas, principalmente visando a participação em concorrências públicas, nas quais estas empresas, pela inexistência de capacitação, acabam sendo excluídas. A falta de capacidade para buscar recursos foi uma das dificuldades a ser superadas pelas principais prefeituras, como apontou o jornalista Luiz Nassif, que fez a palestra de abertura do evento.

Em Lauro de Freitas, a atração das empresas se dá principalmente pela isenção fiscal, que pode chegar a até três anos, dependendo do perfil e da quantidade de profissionais contratados. Os períodos de isenção podem ser ampliados caso as empresas atendam a outros critérios, como a contratação de jovens até 24 anos ou ainda respeitem a lei que prevê a reserva de 5% das vagas destas empresas a pessoas portadoras de necessidades especiais. Fonte: camacarinoticias.com.br

Continua o combate ao trafico de drogas em Feira

.Cumprindo mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pelo juiz da Vara de Tóxicos de Feira de Santana, Edvaldo Jatobá, policiais civis da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), prenderam na manhã desta quinta-feira (29/04), Eronilda Romão da Silva, "Nildona", 24 anos, Erick Pereira Nascimento, 25anos, e Manoel Oliveira Santos, 24 anos.

As três pessoas estavam em um imóvel, no bairro Campo Limpo onde foram encontradas 302 buchas e balinhas de maconha, além de uma balança de precisão e um revolver calibre 38.

O delegado titular da DTE/Feira, Alexandre Narita, autuou Erick, Eronilda e Manoel em flagrante por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse ilegal de arma de fogo. Erick Pereira possui dois mandados de prisão em aberto expedidos pela Vara Crime de Itabuna. Manoel tem passagens pela polícia, também por tráfico, no município de Santo Amaro. “Nildona” seria a responsável pela distribuição de maconha no bairro George Américo, em Feira.

No bairro Jardim Acácia, onde a equipe da DTE cumpriu um segundo mandado de busca e apreensão, foi preso Hildemir Rodrigues de Santana, 34, o "Mica", surpreendido com um revólver calibre 38 e dez munições do mesmo calibre.

Pistola

Na tarde desta quarta-feira (28/04), os investigadores da DTE prenderam em um imóvel, na Rua Minas Gerais, Bairro Queimadinha, Reginaldo Pereira Rocha, 43 anos. Com ele foram encontradas uma pistola calibre 9mm, municiada, além de pedras de "crack" e certa quantidade de maconha e de cocaína.

Na delegacia Reginaldo alegou que a arma de fogo fora deixada empenhada, em troca de R$50, por um traficante conhecido por “Mamai”. Autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas, ele permanece custodiado no Complexo Policial de Feira de Santana. Fonte: http://www.correiofeirense.com.br/

PF deflagra “Operação Desvio” na Bahia.

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta (29) uma operação para desarticular uma organização criminosa que desviava medicamentos e materiais hospitalares de unidades mantidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Região Nordeste.

Ao todo, 300 homens participam da chamada Operação Desvio para cumprir 11 mandados de prisão preventiva, 44 de condução coercitiva e 74 de busca e apreensão na Bahia, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

De acordo com a PF, as investigações revelaram que a quadrilha era composta por funcionários e prestadores de serviços de grandes hospitais públicos, como técnicos em enfermagem, seguranças, faxineiros e atendentes.

Segundo a Agência Brasil, eles desviavam os produtos em pequenas quantidades para uma rede de atravessadores, que repassavam os lotes a revendedores. Alguns investigados chegaram a usar notas fiscais falsas.

Os medicamentos apreendidos, segundo a PF, serão devolvidos aos hospitais na tentativa de minimizar os prejuízos. Os crimes são de peculato [praticado por um servidor público que se apropria de dinheiro ou qualquer bem a que tenha acesso em razão do cargo], formação de quadrilha, receptação qualificada, falsidade ideológica, uso de documento falso, tráfico e associação para o tráfico de drogas. Fonte: correiofeirense.com.br

O Cristo Redentor de Ciríaco e o Coité Folia.

Recentemente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve a condenação de um ex-prefeito, em Ação Popular, pelo fato de ter construído em sua cidade uma réplica do Cristo Redentor sem a devida previsão orçamentária. Inicialmente, o prefeito do município de Ciríaco (RS) foi condenado pelo Juiz da Comarca a devolver R$ 57 mil, devidamente corrigidos, aos cofres municipais. Depois, a decisão foi mantida pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e o ex-prefeito, inconformado, recorreu ao STJ.

O argumento da Ação Popular, requerida por um cidadão do município, é que a obra, como foi realizada, feriu os princípios da legalidade e da moralidade administrativa e que o monumento de 20 metros de altura não estava previsto no orçamento do município de Ciríaco, que já estaria em dificuldades financeiras para manter as necessidades básicas da população, como saneamento básico e saúde. (Leia mais no site do STJ).

Como se vê, o problema não é com a imagem do Cristo Redentor e não envolve a religião, mas com o gasto indevido do dinheiro público. Assim, a obra poderia ser um tributo a Michael Jackson, Waldick Soriano ou a Nelson Mandela. Tanto faz. O que se discute aqui é a necessidade da previsão orçamentária, através de Lei aprovada pela Câmara de Vereadores, e o conflito com as necessidades básicas da população, ou seja, o que é mais importante para a cidadania e dignidade das pessoas: a construção de uma estátua ou a construção de escolas, creches e hospitais?

Li a decisão do STJ e concordei plenamente. Além do problema da falta de previsão orçamentária, da violação aos princípios da legalidade e moralidade da administração pública, vi fortemente presente o princípio da "razoabilidade", ou seja, se o povo não tem saneamento básico, escolas e hospitais, não seria muito mais "razoável" prover essas necessidades do que construir uma estátua do Cristo Redentor? Aliás, o próprio Cristo, caso um dia retornasse a Ciríaco, agora me lembrando como Ele fez com os vendilhões do Templo, certamente seria um dos primeiros a subscrever a Ação Popular pela devolução do dinheiro ao povo pobre. Aliás, pelo conheço Dele, penso que seria até capaz de iniciar um movimento pela demolição da estátua Dele mesmo.

Sei que alguns reclamam dessa forma de atuar do Poder Judiciário, falando em "ativismo judicial" ou "judicialização da política", mas me parece que esta adjetivação é menos importante do que a idéia maior de Justiça.

Aliás, o fato desse julgamento me chamou a atenção por esses dias quando transitava de minha comarca para Salvador, via Feira de Santana. Primeiro me deparei com o trânsito modificado na cidade de Feira em virtude da realização da sua festa de Micareta e, em seguida, com uma verdadeira poluição visual de outdoors anunciando blocos, trios, bebidas e tudo o mais que pode ser comercializado. Pois bem, depois que consegui sair da cidade, eis que me deparo, já na BR 324, com a marcha de 5 mil manifestantes do MST em direção a Salvador, lutando por reforma agrária. Sobre esse evento já escrevi aqui no blog. (Os loucos e insensatos estão em marcha).

Então, seguindo viagem pela BR 324, observei na margem da rodovia mais outdoors de Prefeituras do interior do Estado já convidando as pessoas para os festejos de São João. Cada cidade prometendo as melhores atrações musicais e as melhores festas. Só de publicidade - será que está no orçamento? Cada Prefeitura dessas deve ter investido recursos suficientes para solução de boas demandas de seus pobres muncipes.

Essas contradições me inquietam: de um lado, dinheiro público sendo "torrado" em festas e, de outro, pessoas lutando por um pedaço de terra para trabalhar.

Pois bem, passado o final de semana, ao retornar para minha Comarca, vejo-me agora às voltas com a instalação de camarotes, trânsito modificado e diversos pedidos de Alvarás para participação de crianças e adolescentes em blocos e bailes... a Micareta de Coité, a famosa Coité Folia!

Voltando ao começo, a cidade de Coité não deve ser diferente da cidade de Ciríaco e as demandas da população pobre devem ser as mesmas: saneamento básico, educação, saúde...

Aqui, diferente de lá, no entanto, na segunda-feira depois da Micareta, apesar da ressaca, tudo volta ao normal: o lixo continuará sendo recolhido para um local inapropriado; o esgotamento sanitário continuará sendo direcionado para ao açude da cidade; os bêbados presos serão libertados; os camarotes serão desarmados; os que ganharam com a festa contabilizarão os lucros e, finalmente, parte do povo, feliz por ter seguido atrás do Trio Eletrico, volta vivo, pois "atrás do Trio Elétrico só não vai quem já morreu" - à sua vida (?) normal.

Por fim, o Cristo de Ciríaco bem poderia ter dito, como disse Cícero contra Catilina: "Ó tempos, ó costumes!

Conceição do Coité, 29 de abril de 2010.

Gerivaldo Alves Neiva

Juiz de Direito

Telefone: (Fórum)

Visite o blog: http://gerivaldoneiva.blogspot.com/

Pergunte-me: http://www.formspring.me/gerivaldo

Siga-me: http://twitter.com/gerivaldo

Visite: http://www.facebook.com/gerivaldo

fonte:calilanoticias.com

Policia Civil de Itamaraju prende fugitivo do Complexo Policial de Itapetinga


O delegado titular da Policia Civil de Itapetinga, Irineu Alves Andrade informou à Delegacia da Policia Civil de Itamaraju da existência de um foragido do Complexo Policial local, autor de um crime de homicídio naquela cidade, identificado como Douglas Gamaliel Marcílio, morador da rua Nova Venécia, 60, bairro Areinha, Serra-ES. A informação era que o fugitivo estava morando em Itamaraju, usando nomes falsos de Alencar e Alan Carlos.

O delegado Gean Nascimento, titular de Itamaraju determinou ao coordenador do Serviço de Inteligência (SI), investigador Felipe Mendes, que realizasse investigações com o intuito de localizar e prender o mesmo. E por volta das 14h desta quinta-feira (29), após terem realizado várias diligências, os investigadores Felipe Mendes e Oderlã do Espírito Santo prenderam o indivíduo que foi abordado na Avenida Antonio Carlos Magalhães, centro da cidade, quando trafegava em uma moto Yamaha/YBR, placa policial JLL-1996, licenciada de Itamaraju.
“Douglas” estava portando os documentos de Alancarlos Silva de Oliveira, carteira da Fundação Nacional de Saúde (FNS), comprovantes de votação, cartão cidadão da CEF e cartão de crédito Super Compra. O mesmo foi identificado pelos policiais civis e levado para a delegacia, onde acabou sendo desmascarado.

Douglas Gamaliel Marcílio e mais quatro presos fugiram do Complexo Policial de Itapetinga durante a manhã de quinta-feira do último dia 1º de abril. Os presos serraram e estouraram uma das barras de ferro da cela e subindo pelo gradeado também serraram uma das barras da parte superior da carceragem, fugindo pelas partes laterais do Complexo Policial. A fuga aconteceu por volta das 03h da madrugada.

Policiais civis de Itapetinga chegaram na manhã desta sexta-feira (30), em Itamaraju e já fizeram o recambiamento do capixaba Douglas Gamaliel Marcílio para a cidade origem da condenação.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Ronildo Brito e Lênio Cidreira

Cinco mortes são registradas no final de semana em Teixeira de Freitas.

A primeira morte ocorreu na noite da última sexta-feira (23) e a vítima foi o jovem Renildo de Souza Teixeira, atingido por disparo de arma de fogo próximo à sua residência na URBIS II. Ele foi socorrido por vizinhos e levado ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), mas, logo que deu entrada na unidade hospitalar veio a óbito. Renildo tinha 23 anos de idade e residia na Rua 6, casa 19, Urbis II.

A necropsia foi feita pela Perita Médica “Ad Hoc” Drª Elizabete Barbosa e o auxiliar José Francisco. A causa da morte foi anemia aguda e perfuração torácica.

A delegada plantonista Drª Andressa Carvalho instaurou inquérito policial para investigar a autoria e motivação do crime.

A segunda morte do fim de semana foi registrada na manhã de sábado (24), quando deu entrada no IML de Teixeira de Freitas o corpo de Zenildo Delmira dos Santos, 29 anos de idade, que morava na Rua Palmeira, nº 120, Bairro São Lourenço. Segundo informações a vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo e na sequência socorrida ao HTMF. Zenildo lutou pela vida na UTI do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas desde o último dia 09/04 até a madrugada deste sábado (24) e não resistiu, vindo a óbito.

A necropsia foi feita pela Perita Médica “Ad Hoc” Drª Elizabete Barbosa e o auxiliar José Francisco. A causa da morte foi traumatismo cranioencefálico, provocado por projétil de arma de fogo.

O delegado plantonista Dr. José Geraldo instaurou inquérito policial para investigar a motivação e autoria do crime.

A terceira morte ocorreu na noite de sábado (24), quando deu entrada no HTMF uma vítima do sexo masculino, com ferimentos no abdômen. A vítima trata-se de José Miranda Mendes, 47 anos de idade, residente na Rua Vaticano, s/n, Bairro Ulisses Guimarães. Segundo informações de populares a vítima havia discutido com Loudete Martins de Oliveira e tinha o atingido com uma facoa na cabeça. E, mesmo ferido o senhor Loudete com 63 anos de idade, foi até sua casa e se armou com uma faca e revidou o ataque com um golpe certeiro no abdômen da vítima. O autor foi preso em flagrante por homicídio consumado. Na oitiva ele informou à polícia que agiu em legítima defesa. O autor se encontra na carceragem da 8ª COORPIN à disposição do Juiz Criminal de Teixeira de Freitas.

A causa da morte de José Miranda Mendes foi anemia aguda, provocada por arma branca.

A quarta morte aconteceu na noite de sábado (24) por volta das 19h, quando o jovem Flávio Rodrigues Santana, o “Arroz”, que completaria 22 anos neste domingo, foi abatido a tiros próximo à sua casa, na Rua Aguinaldo Medeiros, Bairro São Lourenço.

Segundo informações o jovem estava chegando em sua residência quando elementos até o momento desconhecidos o abordou em um carro não identificado e efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra ele. Populares ainda o socorreram ao HTMF e Flávio passou por uma cirurgia. Mas por volta da meia noite ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

A necropsia foi feita pela Perita Médica “Ad Hoc” Drª Elizabete Barbosa e o auxiliar José Francisco, que constataram que Flávio levou 06 tiros, sendo 05 nas costas e um na mão direita. A causa da morte foi anemia aguda e perfuração abdominal, provocadas por projéteis de arma de fogo.

O delegado plantonista Dr. José Geraldo instaurou inquérito policial para investigar a autoria e motivação do crime.

A quinta morte registrada na circuncricional da 8ª COORPIN foi a de um senhor até o momento de identidade ignorada, de aproximadamente 60 anos de idade, cor negra, que foi encontrado próximo às margens da BR 101, Km 869, por volta das 11h deste domingo (25).

O homem estava trajando camisa verde e calça bege. Compareceram no local a delegada plantonista Drª Rina Andrade e os peritos do Departamento de Polícia Técnica Dr. Manoel Garrido e Everton dos Anjos. Após minuciosos exames peri-necroscópicos os peritos não evidenciaram sinais de violência e autorizaram a remoção do corpo ao IML de Teixeira de Freitas.

Após necropsia o corpo foi colocado na câmara fria do IML para posterior identificação de familiares.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Ronildo Brito

Deputado Ronaldo Carletto reafirma desvio de dinheiro público em Itamaraju e diz que em 30 dias sua mãe será prefeita.

O deputado estadual Ronaldo Carletto (PP) visitou o município de Jucuruçu neste último sábado (24) quando ele e o prefeito Manoel Loyola (DEM), inauguraram o sistema de telefonia móvel da cidade.

Logo após a inauguração, ocorrida já no início da tarde deste sábado (24), Ronaldo Carletto concedeu uma entrevista coletiva, quando voltou a fazer duras críticas ao ex-prefeito de Itamaraju, Dilson Batista Santiago. Chamando Santiago de o maior “câncer” da história de Itamaraju, Ronaldo Carletto reafirmou que o ex-prefeito teria embolsado R$ 1,3 milhão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “Não tenho nada contra o atual prefeito de Itamaraju, Pedro da Campineira, mas é lamentável que ele esteja mantendo na prefeitura o mesmo grupo do ex-prefeito, que no apagar das luzes roubou R$ 1.324.000,00 dos professores e não pagou os salários aos mesmos. O ex-prefeito tem sete contas rejeitadas no TCM e não sei quais foram os motivos da Câmara de Itamaraju ter o livrado de uma rejeição recentemente. Mas posso tranqüilizar a todos que o ex-prefeito e o atual estão cassados e em no máximo trinta dias a minha mãe Marizete Carletto assume os destinos da cidade”, assegurou.
A denúncia do suposto sumiço dos recursos da conta do Fundeb foi feita recentemente no plenário da Assembléia Legislativa da Bahia (ALBA), pelo próprio deputado Ronaldo Carletto, que além de afirmar que o ex-prefeito Dílson Santiago teria desviado os valores, ainda o chamou de pedófilo. Perguntado neste sábado (24) se ele reafirmaria o seu pronunciamento da Assembléia Legislativa, Carletto evitou falar em pedofilia, mas foi categórico ao dizer que Dílson Santiago seria ladrão.

Perguntado mais uma vez sobre o período de 30 dias pedido por ele para que Marizete Carletto possa assumir a chefia do Poder Executivo de Itamaraju, já que o julgamento do processo que pede a cassação do mandato de Pedro da Campineira está previsto para acontecer na próxima quinta-feira (29/03), Ronaldo Carletto disse que apesar da cassação numérica já ter ocorrido, ainda existem manobras jurídicas que devem ser adotadas pelos advogados de Campineira, como uma medida cautelar ou até mesmo um pedido de liminar. “O que importa é que o placar de 4 votos a 1, já determinou a cassação. Agora é só esperar mais alguns dias, para que possamos assumir oficialmente o comando do município de Itamaraju”, garantiu.

Perguntado quais seriam as primeiras ações no possível governo de Marizete Carletto, Ronaldo Carletto falou que seriam priorizados o pagamento dos servidores, a iluminação total da cidade desde o bairro Tassizão até a Várzea Alegre e Liberdade, além da recuperação das ruas da cidade, que apesar do gasto de R$ 800 mil com recursos do Ministério da Integração Nacional, continuam completamente esburacadas.

O prefeito de Itamaraju, Pedro da Campineira (PHS), ainda não comentou as colocações feitas pelo deputado Ronaldo Carletto (PP), mas as últimas informações dão conta que os advogados de Campineira estariam tentando conseguir uma manobra suspensiva em Salvador, ou seja, aceitar o julgamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que já optou numericamente pela cassação, porém, forçar a permanência do prefeito no cargo até a decisão final que ficaria a cargo do Tribunal Regional Eleitoral (TSE), em Brasília.

Ainda durante a entrevista coletiva em Jucuruçu neste sábado (24), o deputado Ronaldo Carletto (PP), classificou as medidas protelatórias dos advogados de Dílson Santiago e Pedro da Campineira, como “enroleition”, uma referência à música “reboleition” da Banda Parangolé, sensação do último carnaval de Salvador.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Ronildo Brito

Assessor da Câmara Municipal de Camaçari é executado de madrugada no bairro da Gleba A


Davi Oliveira dos Santos, foi atingido por vários disparos de arma de fogo, por volta das 2h50 deste domingo (25) por elementos ainda não identificados.

O crime aconteceu no Bar do Padaria, na Rua do Canal, no bairro da Gleba A, próximo ao Colégio "Mascarenhas", enquanto Davi bebia com alguns amigos.

Ele era assessor na Câmara Municipal, no Cargo em Comissão, Auxiliar de Apoio. De acordo com informações ele foi lotado no Gabinete do Vereador Alfredo Andrade (PSB), mas estava afastado das atividades do parlamentar havia dois meses, mas continuava na Casa.

Davi era ex-marido da ex-vereadora de Camaçari Marise.

Até então não se sabe o motivo do crime.

Davi já foi presidente da Associação de Moradores da Nova Vitória. Fonte: www.camacarinoticias.com.br

CONCURSOS: SAIBA O APARATO MONTADO PARA ATENDER OS MAIS DE 27 MIL CANDIDATOS

Para atender um total de 27.665 candidatos, o concurso público da Prefeitura de Camaçari e da Câmara de Vereadores, alterações no trânsito, articulações no comércio e montagem de posto de informação estão previstos para esse domingo, 25, data de realização das provas. Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, agentes de trânsito e da Defesa Civil vão organizar o trafego e um balcão de informações será montado na Estação Rodoviária para auxiliar os candidatos quanto ao endereço das escolas e o melhor roteiro a utilizar.

Comerciantes, taxistas e mototaxistas também estão se organizando para atender demanda desse domingo. Visando articular a categoria para suprir a demanda a contento, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Camaçari (ACEC), Luciano Sacramento, se reuniu com representantes dos setores e ficou definido que apesar de ser um dia tipicamente de descanso, os donos de bares, lanchonetes e restaurantes vão abrir as portas.

Endereços

Em concurso, a orientação é sempre que o candidato visite o local da aplicação da prova com antecedência e verifique o melhor roteiro a pegar. Saiba quais os endereços que apresentam erros ou as ruas estão com nomes novos:

A Escola Municipal Felix Joaquim Moraes, informado no comprovante de inscrição para o concurso público de Camaçari. No documento, consta rua Maria Emília, mas o endereço é rua Canário, s/n, bairro Camaçari de Dentro.

No caso da escola Angiolina Teixeira de Souza, na Piaçaveira, consta o endereço antigo, que é rua Eixo E, nº 119, mas o candidato pode procurar também pela rua Dom Avelar. Já as escolas Laurita de Souza Ribeiro e Reitor Edgar Santos estão com os endereços atuais, Avenida 28 de setembro, s/n, e Rua João Araújo, s/n, respectivamente. Os endereços antigos são Avenida Radial A e Rua dos Becos.

Trânsito

Devido as últimas chuvas, alguns pontos apresentam restrição de trafego. Veja quais são os pontos e as sugestões da STT.

28 DE SETEMBRO

Com o objetivo de minimizar o impacto da chuva, ficou estabelecido que só transitará pela avenida 28 de Setembro, antiga Radial A, veículos de pequeno e médio porte, como carros de passeio, caminhões (até sete toneladas) e transportes coletivos. Os veículos pesados e carretas deverão acessar a 28 de Setembro através das avenidas Concêntrica e Rio Camaçari.

MANOEL MERCÊS

A antiga Radial B tem parte da avenida interditada por conta das obras realizadas na ponte, que em breve será reestruturada. Devido a isso, os veículos que querem se deslocar para o Centro devem usar a avenida Concêntrica ou as ruas São José (ao lado do restaurante Casa de Taipa), Bela Vista (ao lado do Tiro de Guerra) e a travessa do Rosário (que passa ao lado da Cidade do Saber).

Quem está na antiga Radial B e quer acessar a antiga Radial A pode fazer o trajeto tanto pela avenida Concêntrica, nas imediações do Supermercado Todo Dia, quanto pelo contorno da praça do Alto da Cruz, que dá acesso a 28 de Setembro através da travessa Getúlio Vargas.

TUPINAMBÁS

A chuva gerou problemas também na ponte da avenida Tupinambá, antiga Radial C, por conta disso o trecho que vai do Tiro de Guerra ao Clube Arsenal está interditado.

RUA DO TELÉGRAFO

A rua está interditada para tráfego desde o cruzamento da rua Bela Vista, lateral da Casa da Criança, até o cruzamento da rua Parque Central, imediação do estacionamento do Centro Comercial.

A STT orienta que os veículos de grande porte evitem as ruas Costa Pinto (Insinuante), Adelina de Sá (Banco do Brasil), Getúlio Vargas (Banco Itaú), Parque Central (fundo da feira) e Duque de Caxias (Banco Real). A medida reduz engarrafamentos e respeita a capacidade de carga das vias.

* Com informações da Ascom/PMC

CRIADO O CONSÓRCIO DE MUNICÍPIOS DO TERRITÓRIO DE IRECÊ

Após a autorização das Câmaras de Vereadores dos municípios parceiros, finalmente foi instalado o Consórcio do Território de Irecê, que tem como objetivo o fortalecimento dos 21 Municípios que fazem parte da região, através da captação de recursos e desenvolvimento de projetos para as mais diversas áreas sociais. Aquisição de equipamentos, captação recursos para fortalecimento de setores específicos como o turismo, por exemplo, são algumas de suas atuações. O primeiro projeto a ser executado pelo Consórcio será a do Aterro Sanitário que irá beneficiar diretamente oito municípios na região: Irecê, Lapão, Uibaí, Presidente Dutra, Central, São Gabriel, João Dourado e Jussara.

Em assembléia, realizada sexta-feira, 23, coordenada pelo assessor técnico da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, Valdemar Borges, foi feita explanação sobre o os fundamentos do consórcio e seus objetivos. Na oportunidade aconteceu a discussão e aprovação do Estatuto do Consórcio do Território de Irecê, em cima do Protocolo de Intenções, já aprovada pelas Câmaras Municipais de Irecê, Uibaí, Central, São Grabriel e Lapão.

O prefeito de Irecê, José Carlos Dourado das Virgens foi escolhido pelos prefeitos e representantes do consórcio que estiveram na Asembléia. A eleição aconteceu por aclamação através do voto aberto dos prefeitos Pedro Rocha, de Uibaí, Leonandes Santana, de Central, Júnior Alcântara e dos representantes dos demais municípios.

Na condição de presidente do consórcio, o prefeito de Irecê poderá indicar o Secretário Executivo.

Fonte: SILVIO LIRA

ANGICAL RECEBE I OFICINA DE SEGURANÇA ALIMENTAR

Farofa de cenoura, refogado de mostarda, salada crua, charuto de couve com carne de soja, salada de casca de abóbora, bolo de abóbora, entre outras. Receitas gostosas e Saudáveis, Alimentos Preparadas com Produzidos Urbanas em hortas agroecológicas. O Projeto Cidades Sustentáveis Iniciou, no distrito de Angical, Uma série de oficinas Sobre Segurança alimentar e nutricional, com o Objetivo de Qualificar o USO dos Alimentos Produzidos Pelas Famílias.

Como oficinas contemplarão Todas as 300 Famílias beneficiadas Pelo Projeto. No dia primeiro, como EXPERIÊNCIAS trocaram Famílias e receberam, Ao final do dia, 60 Kits de Galinhas e camisas do Projeto. O Evento continua hoje, com a Ampla Uma discussão Sobre o Conceito de Segurança alimentar e nutricional, destacando a higiene dos Alimentos nenhum preparo e Alimentação Saudável.

"Essa Nossa Primeira UM TEM oficina Significado Muito Importante Para os Beneficiários, enguias Estão os POIs aprendendo Diversas Formas de se consumir em Alimentos Produzidos OS SEUS econômicos canteiros de alimentação, tendão Como Resultado, Uma Vida Mais Saudável", explica Paula Silva, coordenadora do Cidades Sustentáveis.

O coordenador do CAA, Mário Augusto Jacó, Participou do Primeiro dia da oficina e ressaltou um Importância do Pará, como o Projeto Famílias. "O Cidades Sustentáveis UM e Projeto Inovador Que está mudando a Vida de muitas Famílias, Promovendo Alimentação na Qualidade e participação cidadã. Nosso Propósito É Exatamente esse, hum Construir novo Projeto de Desenvolvimento n o Semi-Árido e Todos vocês são nossos Parceiros nessa Luta ", Disse.

Fonte: ASCOM CAA

VEREADOR É PRESO POR SUSPEITA DE RECEPTAÇÃO DE CARRO ROUBADO

O vereador Roberto Ferreira Lima, do município de Mundo Novo, foi preso nesta quinta-feira (22), nas imediações do Colégio Luis Eduardo Magalhães, por policiais civis daquela região, acusado de receptação. Os investigadores o abordaram quando ele dirigia um Fiat/Idea, de placa HJP-3140. O veículo consta numa ocorrência policial na 6ª Delegacia de Guarulhos, em São Paulo, como apropriação indébita.

Segundo informou o delegado José Adriano da Silva, titular de Mundo Novo, o automóvel pertence à locadora de veículos Localiza Rent a Car, de onde saiu em 12 de janeiro do ano passado. Alguém ainda não identificado locou o carro com um cartão de crédito clonado, utilizando documentos falsos. Os investigadores apuraram que o veículo havia sido adquirido pelo vereador Roberto Ferreira, por R$ 5 mil.

Com a cópia da ocorrência da Delegacia de Guarulhos e as informações transmitidas pela locadora, confirmando os crimes de apropriação indébita e estelionato, o delegado José Adriano Silva determinou a prisão do vereador e a apreensão do veículo.

Ao ser interrogado na delegacia, o vereador admitiu a compra do veículo, adquirido, segundo ele, de um homem identificado como Neném, residente em Várzea da Roça. Alegou não ter conhecimento de qualquer restrição sobre o Fiat Idea.

Além do baixo valor pago, pesa contra o Roberto Ferreira o fato de o carro não ter sido financiado e já estar quitado. “As investigações prosseguem, buscando identificar quem praticou o delito na cidade paulista de Guarulhos”, afirmou o delegado titular de Mundo Novo.

Fonte: AGECOM-BA

Após dez dias sem homicídios, jovem é abatido a tiros em Teixeira de Freitas

A Polícia Civil de Teixeira de Freitas registrou apenas um homicídio nos últimos 10 dias. O último homicídio registrado tinha sido o de Claudinei de Jesus Silva, morto no último dia 11/04.

Mas na noite desta última quarta-feira (21) o jovem Edson Vieira de Jesus, 32 anos de idade, residente na Rua Manoel Sambique, nº 26, Bairro Vila Vargas em Teixeira de Freitas, foi morto a tiros, próximo de sua residência.

Segundo informações de familiares, Edson não tinha envolvimento com drogas. Era trabalhador e missionário da Igreja Pentecostal Canal de Benção, localizada no Bairro Tancredo Neves na própria cidade de Teixeira de Freitas. Edson foi abordado por dois homens em uma moto de identificação desconhecida e levou cinco tiros. Ainda foi socorrido para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HTMF), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu em seguida.

A vítima foi removida ao IML de Teixeira e o corpo necropsiado pela Perita Médica “Ad Hoc” Drª Cesarina Siqueira e o auxiliar José Francisco. Edson foi alvejado com 05 tiros, sendo 01 (um) na cabeça, 02 (dois) no tórax, 01 (um) no pescoço e outro no braço. A causa da morte foi traumatismo crânio-encefálico provocado por projétil de arma de fogo.

Após exames necroscópicos o corpo foi liberado para a família. A delegada Drª Rina Andrade instaurou inquérito policial para investigar a autoria e motivação do crime.

Fonte: www.teixeiranews.com.br Por Ronildo Brito

Filha do empresário Itamarajuense Zé do Alumínio morre de acidente na BR-101, no município de Itabela

A vítima fatal do acidente automobilístico foi Silvia Oliveira de Santana, 35 anos de idade, filha do empresário itamarajuense José Santos de Santana, conhecido popularmente por Zé do Alumínio, devido a sua longa atuação da fabricação e venda de utensílios de alumínio.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, Silvia Oliveira viajava numa caminhonete Fiat Strada, cabine simples, de placa JRG-1261, licenciada de Itamaraju, quando teria perdido o controle da direção, rodou na pista e tombou várias vezes no KM 775 da rodovia BR-101, distante cerca de 10 quilômetros do Distrito de Monte Pascoal, no município de Itabela. O acidente aconteceu por volta das 03h30 da madrugada desta sexta-feira (23/04).

Logo após o acidente automobilístico, que impressionou pela destruição do veículo Fiat Strada, motoristas que também trafegavam pela rodovia BR-101 avisaram os agentes do Posto da Polícia Rodoviária Federal de Itamaraju. O veículo ficou com os pneus para cima e o corpo de Silvia Oliveira foi arremessado contra o teto do carro. Não foi possível precisar se ela viaja com o cinto de segurança.

A remoção do corpo foi feita por volta das 06h desta sexta-feira (23) pelo auxiliar de necropsia Anderson Barbosa, do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML). O corpo ficou no Departamento de Polícia Técnica de Itamaraju (DPT), onde foram realizados os exames de medicina legal.

Juntamente com Silvia Oliveira viajava um rapaz de prenome Euler. Ele é irmão do borracheiro conhecido em Itamaraju por Popó. Este rapaz foi internado no Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), onde foi medicado e na sequência liberado.

Silvia Oliveira de Santana, 35 anos de idade, era solteira. Desde quando adolescente a mesma ficou conhecida pela rebeldia. Anos atrás ela se envolveu numa confusão em Itabela, quando fora atacada por três homens desconhecidos que a levaram para uma área deserta nos arredores da cidade e aplicaram-lhe vários golpes de facão. Em seguida Silvia foi jogada numa ribanceira como morta, mas mesmo assim conseguiu caminhar e pedir socorro. Ela ficou vários dias internada e conseguiu sobreviver.

Silvia Santana também era conhecida por sua perícia ao volante, talvez por isso tenha morrido de acidente num local que nem é considerado tão perigoso.

Pelas características do acidente automobilístico a hipótese mais provável é que ela estaria vindo de alta velocidade, quando teria perdido o controle da direção do veículo.

Pelo odor natural do corpo, o auxiliar de necropsia Anderson Barbosa, disse que não foi possível precisar qualquer sinal de consumo de bebida alcoólica. Esta hipótese só poderá ser definida após a realização de exames toxicológicos.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Ronildo Brito

Família de ciganos de Itabela é acusada de raptar criança de um ano e quatro meses em Itamaraju

Compareceu à Delegacia da Policia Civil de Itamaraju, Marinês Baião de Jesus, 37 anos, alegando que membros da família do cigano Sandro Gama Santos estiveram na residência de sua mãe, a senhora Glória Ferreira Alves, 65 anos, moradora da Avenida Vitória, 356, bairro Várzea Alegre, região sul de Itamaraju, por volta das 17h do último domingo (18) quando adentraram em sua casa e raptaram uma criança de um ano e quatro meses. Marinês contou que diante das várias ameaças a criança foi entregue aos quatro ciganos e que na sequência os mesmos entraram num veículo Fiat Pálio, cor cinza, licenciado de Itabela-Ba., e evadiram do local.

Entenda o caso

Segundo relatos oficializados à Polícia Civil de Itamaraju, Sandro Gama Santos estaria vivendo maritalmente com uma menor de 14 anos de idade, filha de Marinês Baião de Jesus, que ultimamente está residindo em Vitória-ES. Marinês relatou ainda que a sua filha fez um telefonema para ela em Vitória alegando que estava sofrendo maus tratos por parte do esposo, o cigano Sandro. “Diante dessas informações eu fiz um grande esforço e vir para a Bahia”, contou.

No domingo (18) Marinês providenciou o aluguel de um táxi e preparou a sua filha para fugir com o seu neto. A menor em posse de seu filho marcou um local e fugiu com sua mãe para Itamaraju, chegando na cidade ficaram na residência da avó no bairro Várzea Alegre.

Sandro sentiu a falta do filho e veio até a cidade de Itamaraju com alguns membros de sua família, onde acabaram raptando a criança. “Ele conseguiu tirar a criança das mãos da mãe e evadiu-se da residência. Também foram feitas ameaças de morte”, disse Marinês.

O delegado Gean Nascimento, titular da Polícia Civil de Itamaraju, já determinou investigações em torno do caso. O Conselho Tutelar também já tem conhecimento do ocorrido e já trabalha para amparar a criança de um ano e quatro meses, e a sua mãe de apenas 14 anos de idade.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Lênio Cidreira

Polícia Técnica reconstitui crime do jovem abatido por prepostos da Fibria Celulose em Mucuri

Por solicitação do delegado titular da Polícia Civil no município de Mucuri, Dr. Sanney Simões, os peritos criminais do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas, realizaram durante todo o dia do feriado de Tiradentes, nesta quarta-feira (21/04), os trabalhos de reconstituição do inquérito policial do caso em que seguranças armados da empresa Garra Escolta Vigilância e Segurança Ltda., a serviço da Fibria Celulose S/A., mataram a tiro na manhã do dia 17 de março deste ano, em meio a um plantio de eucalipto, nas imediações da Praia dos Coqueiros, na região da Costa Dourada, no litoral sul do município de Mucuri, o lavrador Henrique de Souza Pereira, o “Hique”, 24 anos.

A reconstituição foi coordenada pelos peritos Bruno Mello e Alexson Magalhães, da equipe do coordenador regional Manoel Garrido, que utilizaram personagens na condição de atores para a simulação dos personagens envolvidos no delito. O perito criminal Bruno Mello que comandou a operação sumulada, refez as cenas do crime por pelo menos seis vezes, tudo medido milimetricamente conforme a versão dos envolvidos, tanto das duas vítimas sobreviventes, quanto dos quatro vigilantes acusados pela autoria do crime. O delegado Sanney Simões acompanhou passo a passo todo o serviço da reprodução simulada que começou às 09h e só terminou às 20h30, com uma única parada de 60 minutos para o almoço.

Agentes da Polícia Civil, da Polícia Militar e da CAEMA deram o suporte necessário para que o evento científico fosse realizado. O advogado Roberto Albert, representante da Garra e da Fibria, também acompanhou a cena simulada na companhia de dirigentes da empresa de vigilância Garra. 25 pessoas estiveram envolvidas no processo de reconstituição, para que tudo fosse promovido nos mínimos detalhes e houvesse a revelação de ricos detalhes no local do evento delitivo.

O perito criminal Bruno Mello só deverá falar sobre o resultado que detectou em relação ao crime que reconstruiu, em laudo oficial a ser divulgado para o delegado Sanney Simões. Embora as versões das vítimas tenham sido claras, quando o “Osvaldinho” pai da vítima fatal e do cunhado da vítima “Romildo”, que disseram e descreveram toda cena dizendo que “Hique” foi morto em pé numa distância de três metros e embora estivesse portando um moto-serra, a máquina estava desligada.

Contudo, os 4 vigilantes, contam que o guarda que fez o disparo certeiro, teria caído ao tropeçar em galhos da vegetação, e se vendo acuado pela vítima que mantinha o moto-serra sobre sua pessoa, se viu obrigado a atirar certeiramente contra sua cabeça. Muito embora, ocorreu uma surpresa na reconstituição que ninguém contava com ela, o vigilante Alexandre, autor do disparo, confessou que caiu e atirou contra a cabeça de “Hique”, tendo medido uma distância de três metros, que mesmo confessando que a vítima mantinha o moto-serra ligado em posição que poderia contra atacá-lo, ele não sustenta que a vítima tenha partido de fato para lhe cortar com a máquina, contudo, dizendo que o disparo foi feito tipo um acidente, dando a entender que desesperou-se ao cair e atirou sem que fosse preciso.

Os exames de medicina legal já apontaram que quem atirou não estava deitado e sim em pé de frente a frente para com a vítima. Ou seja, o laudo médico legal sustenta a versão das vítimas sobreviventes. Todavia, os laudos do crime sumulado deverão concluir os confrontos e esclarecer as dúvidas existentes entre as versões de ambas as partes. Uma coisa parece que fechou, que teria sido a versão do vigilante Paulo Falcão, que durante a ação de abordagem, ele teria conseguido guardar a arma e se apossado de um pau para conseguir controlar o pai da vítima, que segundo ele, estaria armado de um facão e tentou por vários minutos lhe atingir.
Muito embora o delegado Sanney Simões, ainda não tenha definido sobre o inquérito a quem vai indiciar e por qual crime, mesmo porque ele vem informando que só relatará o inquérito policial do delito depois de realizar todos os procedimentos pertinentes ao caso, percebemos uma possivel eventualidade na ocorrência do crime.

Participaram da reconstituição do crime, o vigilante Alexandre Santos Silva, 35 anos, autor do disparo fatal e motorista de uma das viaturas da Garra, o vigilante Paulo Souza Falcão, 40 anos, autor da lesão que quebrou o braço do pai da vítima, e os outros dois vigilantes, Willian Dias da Hora, 25 anos e Benedito Soares de Souza, 29 anos, de uma outra viatura, e possivelmente os dois últimos, não deverão ser considerados pelo delegado como co-autores do crime e se assim ocorrer, eles poderão não ser indiciados devido não terem efetivamente participado da ação criminosa em questão.

O delegado Sanney Simões disse que só conclui o inquérito para remetê-lo à justiça depois de promover todas as diligências, ouvir todos os envolvidos no caso e ter recebido todos os laudos periciais de criminalística e de medicina legal, inclusive o da reconstituição do crime, e depois de convencido e amparado pela materialidade das provas e cientificamente compostas, definirá a sua denúncia e indiciamento, inclusive responsabilizando a quem for de direito, se for o caso.

O laudo médico legal oficial ainda será entregue ao delegado Sanney Simões da Polícia Civil de Mucuri, procedente do Departamento da Polícia Técnica de Teixeira de Freitas, onde o corpo da vítima foi submetida a exames de necropsia. O jovem Henrique de Souza Pereira, o “Hique”, 24 anos, levou um tiro à queima roupa em cima do olho esquerdo que transfixou na nuca e o laudo preliminar assinado pelas médicas Márcia Cunha e Cesarina Sirqueira, descreve ainda que a vítima recebeu o tiro em pé, ou seja, quem atirou, disparou o tiro frontalmente, tanto a vítima, quanto o autor estavam de corpos erguidos (levantados, edificados), cujo projétil entrou na região pariorbital esquerda (olho), com saída na região parietal posterior direita (nuca). O pai dele, Osvaldo Pereira Bezerra, “Osvaldinho”, 53 anos, teve o braço esquerdo quebrado em dois lugares em razão dos ataques sofridos pelos homens da Garra. Apenas o cunhado de “Hique”, Romildo Santos Conceição, 24 anos, saiu ileso da ofensiva dos vigilantes, porque conseguiu desvencilhar do cerco e fugir a tempo por dentro do eucalipto.

O assassinato do lavrador Henrique de Souza Pereira, o “Hique”, 24 anos, ocorreu na manhã de quarta-feira do último dia 17 de março, quando ele foi morto a tiro por homens da Garra Escolta Vigilância e Segurança Ltda., empresa responsável pela guarda da floresta de eucalipto da Fibria Celulose S/A (antiga Aracruz Celulose), no município de Mucuri. Além do jovem abatido pelos prepostos da Fibria Celulose, o pai da vítima, o lavrador Osvaldo Pereira Bezerra, “Osvaldinho”, 53 anos, foi atacado e teve o braço esquerdo quebrado em dois lugares por um dos vigilantes.

Proprietário de uma pequena área rural na Praia dos Coqueiros na região de Costa Dourada no litoral sul do município de Mucuri, onde “Osvaldinho” está radicado desde 1986, ele e o filho foram atacados por 4 seguranças da Fibria nas proximidades da sua casa sob suspeita que eles estivessem recolhendo indevidamente restos de madeiras de eucaliptos para carvão nas áreas de colheita da Fibria. A vereadora por Mucuri, Justina Souza Cruz “Tina” (PMDB), considera o assassinato do jovem como a treva: “A morte do “Hique” foi a treva, uma estupidez sem tamanho, diante de tantas outras várias agressões que vem sendo cometidas por estes homens encapuzados da Suzano e Fibria Celulose. Não quero antecipar a condenação de ninguém, mas diante de tantas coisas que vivemos nesta região, só faltava ocorrer uma tragédia dessa natureza, para enxergamos que o poder da celulose é capaz de qualquer coisa, para expulsar o homem do seu habitar natural e continuarem se dando bem em cima de quem eles nunca proporcionaram nada e nem propôs coisa nenhuma para qualificar esta gente que eles próprios excluíram, os ilhando com seus cinturões verdes de eucaliptos”, indignou Tina.

O jovem Henrique de Souza Pereira, o “Hique”, 24 anos, abatido com um tiro na cabeça na frente do pai e do seu cunhado, era casado com Siliane Santos da Conceição, 23 anos, e deixou uma filha bebê, Isabela de apenas 6 meses de idade. Ele era arrimo de família, ou seja, ele sustentava além da sua própria família, bem como o seu pai que é doente com graves problemas de coluna e sua mãe “Dona Elisabeth”, de 44 anos, que é diabética e vive hoje em Linhares, no Espírito Santo fazendo um tratamento por hemodiálise porque possui os dois rins comprometidos e ainda cuidava das suas duas irmãs menores de idade, de 10 e 15 anos.

A vereadora Tina, ressalta que no dia seguinte à sua morte, a vítima faria o seu último exame na 24ª Ciretran em Teixeira de Freitas, para conseguir a sua tão desejada Carteira Nacional de Habilitação, porque pretendia ser motorista profissional, visando ter um maior ganho financeiro para poder oferecer uma vida melhor à esposa, sua filha, os pais e as irmãs. Os vigilantes acusados são integrantes da Garra Escolta Vigilância e Segurança Ltda., empresa de prevenção responsável pela guarda de toda a floresta da multinacional que depois da união da Aracruz com a Votorantim, em 16 de novembro de 2009, a empresa passou a se chamar Fibria Celulose S/A., com sua fábrica estabelecida no município de Aracruz/ES., onde domina o norte e extremo-norte capixaba e o extremo sul da Bahia com seus plantios de eucaliptos.

Os dois sobreviventes do ataque, disseram que os vigilantes tão logo os abordaram, já chegaram agredindo sob acusação que os três, eram os responsáveis pelos furtos constantes de madeiras na área da empresa. O produtor rural Osvaldo Pereira Bezerra, “Osvaldinho”, 53 anos, que teve o braço quebrado por um dos vigilantes, reafirmou que ele teria apelado para que os guardas não fizessem nada mais com eles, mas teria entrado em desespero quando viu um dos homens atirando certeiramente na cabeça do seu filho e após receber as pancadas de bastão que lhe fizeram cair, teria pedido aos homens que o matasse também. O terceiro jovem que lhe acompanhava conseguiu correr dos ataques, mas ele ficou no local tentando reanimar o filho morto.

“Osvaldinho” sustentou que logo que cometeram o crime, os quatro vigilantes armados fugiram em um Fiat/Uno e voltaram ao local cerca de 40 minutos depois com um segundo carro preto e levaram o corpo do jovem, simulando que teriam prestado socorro à vítima, mesmo sabendo que o rapaz teve morte instantânea após ter levado um tiro no meio da cabeça com transfixação de projétil. Mas os vigilantes sustentam que a vítima após ter sido alvejada, o socorro foi dado imediato, o transportando no porta-malas de um Fiat/Uno, que teve o banco quebrado para que possibilitasse o translado do jovem ferido.

Por ocasião do crime, os 4 homens da Garra que mataram o jovem em Costa Dourada a serviço da Fibria Celulose S/A., se apresentaram logo após o crime, ao titular da Polícia Civil no município de Mucuri, delegado Sanney Simões na subdelegacia de Itabatã. Os acusados disseram que o jovem morto teria lhes enfrentado após a abordagem com um moto-serra ligado a ponto de conseguir derrubar um dos vigilantes e o próprio vigilante caído se viu obrigado a executá-lo com um tiro no olho. Já o pai da vítima, teve um braço quebrado por eles, quando um vigilante utilizou um bastão numa ação de desarmá-lo de um facão que possuía na mão com qual, segundo os acusados, ele tentava golpear o vigilante que havia lhe acertado o braço, inclusive com tentativa de tomar a arma do vigilante Paulo Falcão.

Fonte: www.teixeiranews.com.br - Por Athylla Borborema

UNEB ESTABELECE NOVO PRAZO DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB), comunica que o período das inscrições para o Concurso Público que vai preencher vagas para os cargos de Analista Universitário e Técnico Universitário (Edital nº 022/2010) será alterado.

Os interessados em se candidatar ao certame devem aguardar a publicação de novo prazo de inscrições. O site do concurso é www.selecao.uneb.br/concursopublico

Fonte: AGECOM - BA

ACONTECERÁ EM IRECÊ BAHIA A XII EXPOAGRI

A EXPOAGRI, que acontece anualmente na cidade de Irecê, uma das maiores exposições agropecuárias da Bahia, vai apresentar crescimentos substanciais em sua edição de 2010. Além de oferecer as melhores oportunidades ao pequeno e médio produtor rural, como tecnologia de ponta e orientação especializada, outras novidades contribuirão para a contribuição do sucesso do evento.

Novas perspectivas agregarão oportunidades e conhecimentos, diversão e conhecimento, diversão e cultura para os visitantes. Mais de 200 expositores, cobertura total da imprensa, diversos eventos para o publico estimado em 120.000 pessoas nos quatro dias de exposição.

Atrações:

-Leilão de animais dia 24 às 17h
-Caprinos e ovinos ranqueados com premiação
-Prova de marcha e tambor
-Palestras para novas tecnologias
-Novidades nos setores: comercio, indústria e serviços
-Fazenda MODELO (EBDA)

Palestras:

No pavilhão de eventos das 8 ás 12hde quinta a sábado

EBDA

-Temas relacionados com agropecuária
-Capacitação e orientação do homem do campo
-Melhoramento genético, manejo e alimentação

SEBRAE

-Empreendedorismo
-Empreendedor individual
-Lei geral
-O que o SEBRAE pode fazer pela sua empresa

BNB

-Linha de credito: PRONAF o credito Comercial
-Bovinocultura de leite e caprinocultura
-Dr. Evangy Gonçalves – GEOCOMERCIAL
-Gestão e tecnologia de caprinovinocultura

PARTICIPAÇÃO DE ENTIDADES FINANCEIRAS: BNB E BANCO DO BRASIL

Nos quatro dias estarão presentes mais de 120.000 visitantes, sendo grande maioria agricultores que utilizam recursos do PRONAF. As entidades estarão realizando orientações sobre linhas voltadas para o agronegócio, bem como propostas financeiras realizadas dentro da expoagri, para a aquisição de maquinas, equipamentos e implementos agrícolas.

STANDS COMERCIAIS

Uma grande variedade de produtos e serviços estarão a disposição dos visitantes, através da participação de diversos segmentos comerciais de comércio local e regional; revendedoras de carros, motos e tratores artigos para presentes, artesanato, bijuterias, imóveis tedencias da moda feminina e masculina.

PROJETOS DO SEBRAE:

-Derivados da cana
-Mandiocultura
-Turismo rural
-Território da cidadania
-Café e floricultura

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

Os visitantes poderão saborear os mais variados pratos da culinária regional, alem de estarem em um ambiente aconchegante tranqüilo juntamente com suas famílias.

CADEIA PRODUTIVA DO LEITE:
 Os agricultores que visitarem a XII expoagri terão a oportunidade de estarem frente aos mais modernos equipamentos e uma grande variedade de produtos e insumos agrícolas para aumentar e melhorar a qualidade do leite em suas propriedades.

SEGMENTOS DA CADEIA PRODUTIVA:

Em parceria com empresas do ramo, a expoagri, estará demonstrando de forma ilustrativa os três segmentos da cadeia produtiva. Haverá um estudo mais amplo com assessoria técnica e possíveis visitas de profissionais especializados ás associações da região, mediante agendamento.

Fonte: ORGANIZAÇÃO DO EVENTO

III COPA MULHER 2010

Dirigentes do futebol feminino estão sendo convidados a participar da primeira assembléia geral, no sábado, 24/04, a partir das 10h00, para definição da realização ou não da competição. A data de início do certame, a confirmação das equipes que deverão participar e de outros critérios do Anexo I, do Regulamento, estarão entre os assuntos em pauta.
Somente participarão equipes do Município de Serrinha, mas poderão ser inscritas atletas de outras Cidades.
De acordo com o calendário da Assessoria Esportiva Serrinhense elaborado no final do ano passado a competição deverá começar no dia 16 do mês de maio, mas como o apoio que foi prometido até hoje não confirmou, poderá acontecer atrazo de uma ou duas semanas para que se possa buscar outras alternativas.

Ouça o nosso programa: Esporte Comunitário (de 2ª a 6ª feira, das 20h00 às 20h30), na Rádio Continental, 1330.
Visite o nosso site: www.esportecomunitario.com
Email: jolusi54@hotmail.com / Fone: 3261-1534 do site: nosbastidoresdacidade.blogspot.com

14 Semelhanças entre o Sal de Cozinha e o Policial Militar

Por Emmanoel Almeida


Quando se vê um policial militar fardado, trabalhando, as pessoas, imediatistas que são, dificilmente observam que ele é fruto de um processo. Para que o militar estivesse ali, foi necessário o cumprimento de algumas etapas que a sociedade, às vezes, desconhece. Pensando nisto, se verifica que o Sal de Cozinha, esse mesmo: o cloreto de sódio, tão conhecido por todos, detém, até a sua fase final, etapas que se assemelham às do Policial Militar.

O Sal de Cozinha e o Policial Militar são semelhantes porquê:


1. São retirados de um ambiente no qual estão dissolvidos

Inicialmente encontramos o Sal dissolvido no mar. Não é possível visualizá-lo porque está dissolvido na água. Assim, antes de serem policiais-militares, todos os candidatos que se inscrevem no concurso são futuros servidores que ainda dissolvido estão na sociedade, não sendo possível, pois visualizá-los. Não possuem nenhuma vantagem um com relação ao outro, porque são agentes públicos ainda invisíveis. O certame não tem como os enxergar, nem lhes fazer distinção. Os princípios constitucionais da imparcialidade e moralidade não permitem que a Administração Pública se remeta ao que ocorria na gestão patrimonialista do serviço público há tempos atrás.
2. São expostos à luz

Tanto na cultura ocidental quanto no oriente, luz (ou claridade) sempre foi associado ao saber, ao conhecer. Note que, quando queremos entender se a informação foi entendida, perguntamos: "está claro?" Assim, como diz Vera Luz, "todo conhecimento é luz que ilumina a alma". Ao ser colhido do mar, as porções de água salgada são expostas ao sol para que haja a evaporação e o sal fique depositado no fundo. Esse é o processo de dessalinização. Assim como o sal é exposto à luz, o candidato, que agora já foi aprovado no concurso publico, é então exposto à luz. À luz da informação, do conhecimento. Os Cursos de Formação correspondem à etapa em que conceitos e técnicas imprescindíveis ao serviço policial são apresentados aos neófitos agentes públicos e adicionados ao seu perfil profissiográfico. É no Curso que se aprendem os valores institucionais da Polícia Militar e a sua base: hierarquia e disciplina. Nesta fase o servidor é treinado e conscientizado da responsabilidade penal, civil e administrativa em decorrência de suas atitudes.

3. São separados

São dois os processos de separação por que passa o Sal. Depois de exposto à luz, o sal é separado de outras substâncias químicas que com ele se depositam após a evaporação. De igual modo, a primeira coisa que acontece com o Policial Militar, quando convocado, é ser separado do seio de sua família. E essa convocação visa ainda a separar dele outras coisas: alguns comportamentos que, apesar de serem aceitos no mundo civil, são condutas que devem ser moldadas no âmbito militar. Quem se decide na missão militar de servir à sociedade, deve entender que é um servidor diferenciado.

4. São refinados


O Sal também passa por um processo de refinamento. Os cristais de Sal se tornam homogêneos, lapidados, para que possam ter a aparência do sal de conzinha que conhecemos. De igual forma, o militar, após receber a luz do conhecimento, é refinado. Ele é amoldado ao objetivo de sua missão que é atender ao interesse público e preservar vidas. Observe que os cristais de NaCl, apesar de diferentes um dos outros, aparentam-se uniformes para quem os vê. Isso porque foram refinado. E para o público externo, mesmo em trajes civis, o policial militar é muitas vezes reconhecido pela sua postura e compostura, seu modo de falar etc que são fruto do estímulo que recebeu em sua Instituição. A refinação também custa caro para uma empresa dessalinizadora. Refinação do militar também não é barato para o Estado que objetiva a boa formação de seus discentes.

5. Assumem impressão de pureza

Não se compra sal encardido. Sal é branco. Cor que representa pureza, limpeza. Por isso médicos costumam usar o branco. O Sal, que fora separado de outras substâncias químicas, também foi dissociado de muitas impurezas que também se depositaram quando da evaporação. Semelhantemente, a luz e o refinamento recebidos pelo PM objetivam trazer-lhe a consciência de andar conforme o Direito. Um Policial militar é alguém que não deve se contaminar com as mazelas sociais. Deve ser um exemplo. "Policial é uma coisa, ladrão é outra", é o que a gente costuma ouvir por aí. Quem policia deve antes se policiar. Qualquer grão externo de outra cor que caia no saleiro, é visualmente identificado, no contraste com o branco do Sal. A conduta indisciplinar de um policial será sempre reprovada na sociedade por ser considerada incompatível com a sua condição de servidor público.

6. Recebem um nome

Para que chegue às famílias, é preciso que o sal leva o nome de uma marca para ser vendido nos supermercados. Com o servidor acontece também assim. Ele recebe um nome: Policial-militar. Aquele cidadão que era insignificante em sua rua, depois que ostenta a farda, passa a ser observado pelos vizinhos. Por onde for, as pessoas que o conhecem certamente o chamará, mesmo na sua folga, para resolver ocorrências. Mesmo à paisana, os amigos e parentes ao vê-lo pensará: “ele é um Policial-militar”. E o próprio Direito o obriga e o legitima caso intervenha em ocorrências de flagrante delito, mesmo fora de serviço, na sua folga, atuando no dever jurídico de agir, cometendo inclusive “crime militar” caso se exceda na sua missão, mesmo de folga. O PM é Policial Militar em qualquer lugar que esteja.

7. Recebem uma identificação visual

O Sal é identificado visualmente pela embalagem na qual é envolto. A cor que a embalagem leva, a logomarca impressa, as informações contidas, a fonte das letras, a textura do plástico, tudo isso é a representação física da marca, do nome. Ninguém quer comprar Sal com a embalagem furada ou com as impressões desbotadas ou encardidas. Assim também, a ostensividade é deveras o elemento mais importante do serviço do PM. Ele será sempre identificado pela farda, viaturas, armamento etc. Assim como a embalagem do Sal representa sua marca, a ostensividade do Policial traduz o nome da Polícia Militar. O cidadão não se sente satisfeito sendo atendido por um PM com sua farda rasgada ou suja. É por isso que a apresentação pessoal é tão valorizada no meio castrense.


8. Embora importantes, não são reconhecidos pela maioria das pessoas

O Sal já foi usado como pagamento, por isso o termo “salário”. Sal era dinheiro vivo e teve sempre seu lugar nas famílias brasileiras. E hoje, não se consegue mais dissociar o sal da alimentação das pessoas. Mas apesar de sua importância, ele está no lugar menos estratégico nas prateleiras dos supermercados. Geralmente em baixo, no local mais simples. Não raro, dona-de-casa se esquece de comprá-lo. Mas quando falta, faz falta. Assim acontece com o Policial Militar. Apesar da importância de seu serviço, o PM ainda não é reconhecido pelos Governos e por muitos integrantes da sociedade. Segurança Pública ainda não é prioridade no Brasil, essa é a realidade.

9. O falso e o verdadeiro muitas vezes se confundem

Sabe-se que há uma diferença muito grande entre a verdade e a falsidade. O que não acontece entre o verdadeiro e o falso. São semelhantes. Só se diferencia o Sal de outras substâncias como bicarbonato de sódio, açúcar, giz branco, cocaína, talco, cal, leite em pó etc, se a verificação for feita de perto. Assim também, só se identifica o mal policial quando ele é observado à curta distância. Dessa forma, as nossas Corporações devem dispor de um sistema disciplinar eficiente. É por isso que os estatutos e regulamentos das Polícias Militares são mais rígidos com relação aos outros órgãos do Estado. A Administração deve ter institutos eficazes para alcançar os desvios, pois é um problema ter um servidor dessa natureza com uma conduta desviante.

10. Temperança é o que todos esperam deles

Uma comida bem temperada é uma comida agradável. O sal é o responsável direto por essa temperança. E há comidas que sem sal é estranho ao nosso paladar. Assim também, há casos em que parecem só se resolverem com a presença da Polícia. As ações policiais visam à preservação da ordem. Ao atender a uma ocorrência, o Policial não pode criar outro problema, antes, se espera que a ordem seja estabelecida, que a situação seja temperada, com vistas à paz social. O perfil emocional de um PM deve ser o de equilíbrio. Nem insípido, nem salgado demais.

11. Preservam

O sal preserva alimentos. Que alimento saboroso é a carne-de-sol! Fica vários dias fora da geladeira, em muitos centros de abastecimentos e açougues fica pendurada, preservada pelo sal. Preservação da Ordem Pública é a missão constitucional da Polícia Militar. O PM não é escalado nas ruas para resolver todos os problemas da sociedade, todos os crimes. Ele não está ali para combater o crime de violação de correspondência, por exemplo. Mas para proporcionar uma segurança urbana satisfatória, para garantir a sensação de segurança indispensável para a convivência harmoniosa e segura.

12. Sempre aparecem em momento de dificuldades

Todas as vezes em que o corpo humano é submetido a um esforço físico além do momento de repouso, ou é exposto a calor excessivo, elimina pela pele sais minerais, dentre eles o NaCl. Ou seja, o Sal sempre está presente em momentos de dificuldade do corpo. De modo semelhante, é o PM que a sociedade chama no momento de algum problema. É a Polícia Militar que aparece. Ela é o tentáculo do da Administração mais presente porque atua em todas as cidades.

13. Provocam sede

O sal provoca sede. Faça um teste que você vai ver... A estabilidade financeira, a vida pessoal e profissional dum Policial Militar pode servir de exemplo para muitas pessoas. Já vi muitas pessoas, em época de formatura militar, desejarem estar envergando a mesma farda dos militares. E realmente solenidades militares causam essa emoção nos espectadores. É bonito ver um cidadão com sede de ser um Policial Militar.

14. Jamais se acabarão

Os sais minerais jamais se acabarão. Tudo está em transformação na natureza, já dizia Lavoisier. Enquanto houver mar, haverá sal. A Polícia Militar e seus agentes também são perenes. Anos passam, as pessoas se vão, mas a Corporação fica. Naturalmente que muitas mudanças devem acontecer na instituição para o acompanhamento da dinâmica social. Mas sempre teremos uma Força permanente, com missão definida da Constituição Federal e dos Estados, é o que eu acredito. Admitamos até, como disse o próprio Lavoisier, que a instituição passe por uma transformação profunda. Mas jamais poderá deixar de ter seus pilares baseados na hierarquia e disciplina. Enquanto houver sociedade, haverá pelo menos um policial militar no mundo.

(...)
O Sal de Cozinha, um ingrediente tão simples, foi capaz de proporcionar esta metáfora que traz lições acerca da vida profissional de um PM. Comparar o PM com o Sal é, sobretudo, uma missão curiosa e nobre, visto que o Cristo já o fizera com relação aos seus discípulos quando disse há mais de dois mil anos: “Vós sois o sal da Terra”, Mat 5:13.
Fonte: sudoestepolicial.blogspot.com

Aprovado projeto que proíbe Rodoviária vender bebida alcoólica

Foi aprovado em segunda e última votação, pela Câmara Municipal, projeto de lei que proíbe a entrega e venda de bebida alcoólica, destilada ou fermentada, nas dependências do Terminal Rodoviário de Feira de Santana. O autor do projeto, o vereador Carlos Alberto Costa Rocha, chegou a cogitar retirar a matéria de pauta para apresentar em forma de indicação, mas acabou mantendo a proposição, que agora deve ser sancionada pelo Executivo.

O setor de fiscalização da Prefeitura e a Vigilância Sanitária Municipal devem fazer a fiscalização para o cumprimento desta lei, se necessário com o apoio da Polícia Militar. Haverá penalidade para os infratores, desde advertência a multa de um salário mínimo.

Além desta matéria, foram aprovados em segunda e última votação dois outros projetos. Um deles prevê que será criado o Dia Municipal do Bibliotecário, anualmente, no dia 12 de março. A proposta é do vereador Ângelo Almeida. O outro institui o dia 15 de maio comemorativo ao Dia Municipal do Assistente Social, de autoria do mesmo Ângelo Almeida. Fonte: www.correiofeirense.com.br

Acidente deixa dois feridos na BR 232 em Arcoverde

Segundo o motorista, a falta de freio teria ocasionado o acidente


Acidente grave deixa dois feridos na BR 232, em Arcoverde no dia 11 de Abril de 2010. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, uma carreta tombou na pista, a parte da frente do veículo se arrastou por aproximadamente 30 Km e caiu numa ribanceira, enquanto a parte traseira ficou na pista. Segundo o motorista, a falta de freio teria ocasionado o acidente.

O condutor Welton Clei Souza Santos, 26 anos, teve ferimentos leves. Já o passageiro, Elias Nonato da Silva, 24 anos teve ferimentos graves e foi levado para o hospital da cidade. O condutor e passageiro são do Distrito de Salobro no Interiro Baiano.
De acordo com o Hospital Regional de Arcoverde, Elias Nonato sofreu traumatismo craniano e várias fraturas pelo corpo. O estado de saúde dele é grave, e ainda neste domingo será encaminhado para o Hospital da Restauração no Recife.

O veículo tinha saído do estado de Tocantins com destino a Igarassú, Região Metropolitana do Recife, e estava carregado com 38 toneladas de milho e feijão. Fonte: maisab.com.br

Blogroll